Todos nós sabemos que o modelo econômico seguido no mundo atualmente está acabando com nossos recursos naturais. Mas, afinal, existe alguma solução? Não temos uma resposta definitiva, mas a economia circular é vista por especialistas como uma saída para a situação na qual nos encontramos atualmente.

E o que é a economia circular?

A maneira linear de produzir, consumir e descartar produtos seguida atualmente está atingindo seus limites. Já vivenciamos falta de água, poluição do ar, da água e da terra, extinção da flora e da fauna e muitos desastres ambientais provenientes desses problemas. Se continuarmos nesse ritmo, é provável que em poucos anos a humanidade enfrente dificuldades seríssimas.

Dessa maneira, seguimos na busca por soluções e modelos alternativos e uma das tendências é a economia circular. Basicamente, ela enxerga a produção, consumo e descarte como um ciclo, assim como nos processos da natureza. Por exemplo: uma planta nasce, é alimento de um animal, o animal morre e seus resíduos se tornam adubo para o nascimento de outra planta. E assim seguem os ciclos.

Com a economia circular, o objetivo seria redesenhar os processos de produção e extração de recursos, transformar o descarte e utilizar os resíduos como forma de lucro, não de desperdício. A embalagem dos alimentos, por exemplo, poderia ser biodegradável e auxiliar no processo de crescimento das plantas. Os celulares descartados podem ser desmontados e suas peças reutilizadas para o desenvolvimento de novos produtos.

Essa nova forma de enxergar o consumo pode tornar os mercados mais competitivos, criativos e justos com o meio ambiente. São desafios grandes, não é mesmo? Mas atualmente, algumas empresas já vêm adotando essa abordagem cíclica dos produtos. Marcas vêm se comprometendo a eliminar o uso de plástico não reciclado em seus produtos e escritórios, por exemplo.

Essa, com certeza, é uma proposta interessante, mas que precisa de especialistas na área ambiental para dar suporte às empresas e órgãos governamentais. O profissional formado em Gestão Ambiental pela Universidade Metodista de São Paulo é capacitado a orientar sobre o uso de tecnologias limpas e gestão da sustentabilidade. Confira mais sobre o curso!

Para assinar a nossa newsletter, clique aqui!

Leia também

Cadastre-se para receber nossos informes e newsletters!