Atualmente respiramos quase vinte e quatro horas por dia tecnologia e, consequentemente, seus conteúdos. Tornou-se “lugar comum” dormir com o celular próximo para que ele nos desperte e ter internet à mão para acessar a qualquer momento e-mail, bancos, redes sociais, compras diversas e muito mais, tudo por meio de aplicativos. Até a leitura de um livro já acontece por meio digital. Até a já conhecida televisão tornou-se multimídia com imagem 4k, e com certeza as novidades param por aí.

Agora, imagine quanto trabalho é preciso para gerar conteúdo para todos estes meios! Quanta demanda e quanta criatividade!

Também não é novidade que a tecnologia extinguiu algumas profissões e fez surgir novas. Produção Multimídia é uma delas e veio para ficar.

A boa notícia é que a demanda de trabalho é alta e a procura pela profissionalização é proporcional, mas o mercado tem condições de absorver os recém-formados.

Características do profissional

É fundamental ser criativo, ter senso de inovação, ser empreendedor, ter noção mercadológica e ser empático para poder atingir e superar as expectativas de quem vai consumir suas produções.

O que exatamente ele vai criar

O profissional vai trabalhar com projetos para plataformas digitais. Desde criação, passando por gerenciamento e execução, utilizando-se de técnicas e ferramentas de Design, Arte e Comunicação. O Produtor Multimídia é capacitado para criar projetos de educação, entretenimento e informação que podem se subdividir em conteúdos para revistas impressas e eletrônicas, animações 2D e 3D, interfaces gráficas para web, roteiros para celular e televisão e muito mais.

Onde pode atuar

O profissional atende a qualquer segmento de empresas, uma vez que hoje uma organização que quer ganhar visibilidade e aumentar seus lucros requer a atuação do Produtor de Multimídia, pois a máxima “quem não é visto não é lembrado”, principalmente em tempos de internet, é verdadeira.

Para mais informações, acesse

Inscreva-se no vestibular

Leia também