Seções
Faculdade de
Teologia
Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Fateo Corpo Docente Edson de Faria Francisco

Edson de Faria Francisco

registrado em:

Edson

Área Bíblia

Leigo Metodista, Linguista. Graduado em Letras (Português e Armênio, em 1997, e Hebraico, em 2003) pela Universidade de São Paulo. Mestre em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas, pela Universidade de São Paulo (2002). Doutor em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas, pela Universidade de São Paulo (2008). Pós-doutorado em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas, pela Universidade de São Paulo (2012). Concentra suas pesquisas e sua atuação docente nas línguas bíblicas (hebraico e grego). É docente dos cursos de Teologia (graduação presencial), Teologia (EAD) e Curso Teológico Pastoral (CTP). Tem participado de congressos do International Organization for Masoretic Studies (IOMS) (Liubliana, na Eslovênia [2007], Jerusalém, em Israel [2009] e Helsinque, na Finlândia [2010]).


Título da Pesquisa de Pós-Doutorado: Lexicon Masoreticum: Léxico de Terminologia Massorética Tiberiense.

Título da Tese de Doutorado: O Campo Semântico da Massorá: Neologismo Semântico na Terminologia Massorética Tiberiense.


Título da Dissertação de Mestrado:
Masora Parva Comparada: Comparação entre as Anotações Massoréticas em Textos da Bíblia Hebraica de Tradição Ben Asher em Isaías, capítulos de 1 a 10.


Principais Produções:


Tradução de Bíblia: Antigo Testamento Interlinear Hebraico-Português, vol. 1: Pentateuco (Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2012).


Livro: Manual da Bíblia Hebraica: Introdução ao Texto Massorético - Guia Introdutório para a Bíblia Hebraica Stuttgartensia (São Paulo: Vida Nova, 1ª ed. 2003; 2ª ed. 2005 e 3ª ed. 2008).


Artigo em periódico científico: “A Ortografia de 1QIsa e de 1QIsb e a Ortografia do Códice de Leningrado B19a e do Códice de Alepo: Diferenças e Semelhanças”. Miscelánea de Estudios Árabes y Hebraicos (MEAH) (sección Hebreo) 57. Revista do Departamento de Estudios Semíticos, Faculdad de Filosofía y Letras – Universidad de Granada, dezembro de 2008, p. 125-148.


Artigo em periódico científico: “A Utilização do Hebraico e do Aramaico nas Notas Massoréticas”. Revista Vértices 7. Revista do Curso de Pós-Graduação em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – Universidade de São Paulo (USP). São Paulo: Humanitas, maio de 2005, p. 83-99.


Artigo em periódico científico: “O Campo Semântico dos Termos Hebraicos e Aramaicos Utilizados na Massorá”. Revista Vértices 6. Revista do Curso de Pós-Graduação em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – Universidade de São Paulo (USP). São Paulo: Humanitas, outubro de 2004, p. 43-62.


Artigo em periódico científico: “Características da Língua Hebraica: Hebraico Arcaico, Hebraico Pré e Pós-Exílico, Hebraico de Qumran e Hebraico Massorético de Tiberíades”. Estudos de Religião 21, Ano XV. Revista Semestral de Estudos e Pesquisa em Religião da Pós-Graduação em Ciências da Religião. São Bernardo do Campo: Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), dezembro, 2001, p. 165-195.


Resenha em periódico científico: “Masora: La Transmisión de la Tradición de la Biblia Hebrea – Nova e Importante Introdução à Massorá”. Resenha sobre a obra Masora: La Transmisión de la Tradición de la Biblia Hebrea (Estella [Navarra]: Verbo Divino, 2010), de Elvira Martín Contreras e María Guadalupe Seijas de los Ríos-Zarzosa. Caminhando 16, Revista da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista - Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). São Bernardo do Campo: Editeo, n. 1, 1º semestre, 2011, p. 145-149.


Resenha em periódico científico: “A Grammar of Biblical Hebrew: Nova Reedição de Gramática Clássica do Hebraico Bíblico”. Resenha da obra A Grammar of Biblical Hebrew (2. ed. Subsidia Biblica 27, Roma: Gregorian & Biblical Press, 2009), de Paul Joüon e Takamitsu Muraoka. Caminhando 15, Revista da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista - Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). São Bernardo do Campo: Editeo, n. 1, 1º semestre, 2010, p. 141-144.


Resenha em periódico científico: “Edição dos Manuscritos Bíblicos Encontrados em Hirbet Qumran”. Resenha sobre a obra The Biblical Qumran Scrolls: Transcriptions and Textual Variants (Supplements to Vetus Testamentum 134; Leiden-Boston: Brill, 2010), de Eugene Ulrich. Estudos de Religião 24, no. 39. Revista Semestral de Estudos e Pesquisa em Religião da Pós-Graduação em Ciências da Religião. São Bernardo do Campo: Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), julho-dezembro, 2010, p. 266-272.


Resenha em periódico científico: Resenha sobre a obra Las masoras del libro de Levítico – Códice M1 de la Universidad Complutense de Madrid (Textos y Estudios "Cardenal Cisneros" de la Biblia Poliglota Matriense 74; Madrid: Instituto de Filología de Consejo Superior de Investigaciones Científicas, Departamento de Filología Bíblica y de Oriente Antiguo, 2004, p. xx + 274), de María Josefa de Azcárraga Servert. The Catholic Biblical Quarterly (CBQ) 68, janeiro de 2006, p. 97-98.


Resenha em periódico científico: Resenha sobre a obra Textual Criticism of the Hebrew Bible (Minneapolis-Assen: Fortress Press-Royal Van Gorcum, 2001, p. xl + 456), de Emanuel Tov. Revista Vértices 8. Revista do Curso de Pós-Graduação em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – Universidade de São Paulo (USP). São Paulo: Humanitas, dezembro de 2005, p. 75-82.


Resenha em periódico científico: "A Nova Edição da Biblia Hebraica: Biblia Hebraica Quinta: Texto, Aparato Crítico e Massorá". Caminhando 14, Ano X. Revista da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista - Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). São Bernardo do Campo: Editeo, 1º semestre, 2005, p. 53-65.


Capítulo de livro: "A Vulgata como Testemunho do Texto Massorético". Fórum de Ciências Bíblicas, vol. 1: 1600 anos da primeira grande tradução ocidental da Bíblia – Jerônimo e a tradução da Vulgata Latina. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2006, p. 59-69.


Tradução de prefácio: “Prefácio”. Biblia Hebraica Stuttgartensia, de Karl Elliger e Wilhelm Rudolph (eds.) (5. ed. Stuttgart-Barueri: Deutsche Bibelgesellschaft-Sociedade Bíblica do Brasil, 1997/2009, p. XXXIII-XLII).

Texto publicado on-line: Neologismo Semântico na Massorá Tiberiense. Tese de doutorado publicada em forma eletrônica (TDE: Tese/Dissertação Eletrônica) na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da Universidade de São Paulo (USP), 2008. Endereço da URL:
http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8152/tde-26052008-152156/.


Texto publicado on-line: Masora Parva Comparada: Comparação entre as Anotações Massoréticas em Textos da Bíblia Hebraica de Tradição Ben Asher em Isaías, capítulos de 1 a 10. Dissertação de mestrado publicada em forma eletrônica (TDE: Tese/Dissertação Eletrônica) na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da Universidade de São Paulo (USP), 2002.
Endereço da URL:
http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8152/tde-12062003-225729/.

 

Currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/8905672608345856

Ações do documento
registrado em: