delete

Pesquisa em Aparecida indica: fiéis pretendem anular voto e desconhecem MBL

No dia 12 de outubro, milhares de fiéis visitaram o santuário de Aparecida do Norte, em São Paulo, para comemorar os 300 anos do surgimento da imagem de Nossa Senhora Aparecida, santa considerada padroeira do Brasil. Além dos católicos, pesquisadores da Unifesp e da USP participaram das festividades com o objetivo de traçar um perfil político dos frequentadores do evento religioso. Os resultados obtidos a partir de 363 entrevistas realizadas no local refletem o desânimo e a desconfiança do brasileiro com a política institucional: ao menos 31% dos presentes em Aparecida pretendem anular o voto nas eleições de 2018. A festividade, uma das mais importantes para o catolicismo brasileiro, contou com poucas autoridades. O...
delete

Revista ‘Economist’ vê evangélicos e populismo de Bolsonaro no front

A edição desta semana da revista britânica The Economist traz reportagem sobre os possíveis impactos que a reforma política brasileira terá nas próximas décadas. Segundo a publicação, a Lava-Jato revelou trouxe à tona a corrupção causada pelo financiamento empresarial de campanha. A Economist afirma que, agora, o Congresso começa a tentar saídas para os próximos pleitos, como cláusulas de barreira e o fundo de financiamento público. A revista, no entanto, vê a ascensão do populismo e da bancada religiosa como resultados desse processo. Em entrevista à publicação, Filipe Gruppelli Carvalho, da consultoria Eurásia, diz que “pessoas que já são famosas vão se beneficiar às custas...
delete

Deputado evangélico Áureo (SD/RJ) insere emenda na Reforma Política permite censura na internet durante eleições. Acovardado diante das fortes críticas pede o veto de Temer...

Uma emenda incluída na reforma política prevê que a simples denúncia feita por qualquer usuário da internet ou de redes sociais contra “informações falsas ou ofensa em desfavor de partido ou candidato” obrigará os sites a suspenderem o conteúdo em até 24 horas, mesmo sem uma decisão judicial. A publicação, diz o texto, ficará censurada até que “o provedor certifique-se da identificação pessoal do usuário que a publicou”. A emenda da censura sem aval da Justiça, com base apenas em denúncia em “canal disponibilizado para esse fim no próprio provedor”, está no artigo que trata de “propaganda na internet” por candidatos e...
delete

Plano do MBL é eleger Doria com apoio de PMDB, evangélicos e ruralistas, indica mensagem

O Movimento Brasil Livre (MBL) já tem seu plano traçado para a disputa eleitoral de 2018: levar o atual prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), para o Palácio do Planalto. A estratégia para o feito, indica troca de mensagens publicada nesta terça-feira 3 de outubro em reportagem da revista Piauí, é construir uma aliança entre PMDB, DEM, evangélicos e ruralistas – e eventualmente abandonar de vez o PSDB. “Com ou sem PSDB. A aliança que pode lhe eleger [Doria] está no PMDB, DEM, evangélicos, agro e MBL. Nosso trabalho será o de unir essa turma em um projeto comum”, escreveu Renan Santos, um dos líderes...
delete

PSC libera Bolsonaro para trocar de partido

O Partido Social Cristão liberou Jair Bolsonaro para trocar de partido. Com isso, o deputado já pode se filiar ao Patriotas (antigo Partido Ecológico Nacional/PEN), que irá disputar a presidência em 2018. Caso o PSC não desse a permissão, Bolsonaro teria de esperar até 2018, quando acontece a janela de troca partidária. “A Comissão Executiva Nacional do Partido Social Cristão, por seu presidente, através da presente comunicação, informa ao filiado Jair Messias Bolsonaro, tendo em vista seu requerimento, que autoriza sua desfiliação partidária, a ser realizada na forma do artigo 21, da Lei nº 9.096/95, informando, ainda, que a...
delete

Dom Orani Tempesta pergunta a FHC quem poderá derrotar Lula

Uma visita recente ao Santuário de Aparecida, no interior de São Paulo, deixou o arcebispo do Rio, Orani Tempesta, inquieto. O cardeal constatou que, nas próximas eleições presidenciais, em 2018, o candidato dos sonhos de muitos bispos é… Lula. Preocupado com os rumos do país, dom Orani pediu a Sergio Bermudes, advogado da arquidiocese, que providenciasse um encontro seu com Fernando Henrique Cardoso. O almoço aconteceu no apartamento de Bermudes, no Flamengo. Sem delongas, o religioso perguntou ao ex-presidente quem, afinal, seria capaz de fazer frente a Luiz Inácio da Silva no pleito. A resposta: Geraldo Alckmin (PSDB), governador...