delete

Papa envia carta a Temer e recusa visita ao Brasil

Em uma carta na qual recusa um convite para visitar o Brasil, o papa Francisco cobrou o presidente Michel Temer para evitar medidas que agravem a situação da população carente no País. A correspondência foi uma resposta a outra enviada pelo mandatário no fim de 2016, na qual o líder da Igreja Católica era convidado formalmente para as celebrações dos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, comemorados em 2017. “Sei bem que a crise que o país enfrenta não é de simples solução, uma vez que tem raízes sócio-político-econômicas, e não corresponde à Igreja nem ao Papa...
delete

Católicos e evangélicos frearam acordo de paz na Colômbia

Por Sylvia Colombo “Ganhamos! De Deus ninguém faz piada!”, diz o pastor Miguel Arrázola, num vídeo que viralizou em 2 de outubro último, quando se conheceram os resultados do plebiscito que rejeitou o acordo de paz entre o governo e as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). Para Arrázola, e para muitos líderes evangélicos e católicos do país, a vitória do “não” representou “uma defesa contra a desintegração da família” e uma “estocada no ateísmo que avança com o comunismo da guerrilha”, para usar algumas das expressões que a Folha de S. Paulo escutou em cultos e missas em distintas cidades...
delete

Diálogo na Venezuela anunciado pelo Vaticano naufraga antes de começar

  Um conjunto de declarações cruzadas do lado oposicionista fez naufragar na segunda-feira (24/10) à noite o diálogo entre Governo e oposição na Venezuela, poucas horas depois de o Vaticano anunciar o início das conversações, e sem que seus supostos atores tivessem zarpado para a Ilha de Margarita, sede programada para o encontro no próximo domingo. Monsenhor Emil Paul Tscherrig, núncio apostólico em Buenos Aires e enviado especial do papa Francisco para intervir na crise Venezuelana, leu na segunda-feira à tarde um comunicado no qual era informado um acordo mínimo para uma reunião a partir de domingo na ilha...
delete

O que Deus teve a ver com o não à paz?

Por Sylvia Colombo Por incrível que pareça, influenciou muito o voto pelo “não” no plebiscito da paz a interpretação que alguns líderes religiosos católicos e evangélicos fizeram do documento acordado entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, e o modo como transmitiram aos fiéis essa leitura. Algo desse ambiente religioso anti-acordo já podia ser percebido semanas antes, quando manifestantes foram às ruas protestar contra uma cartilha de orientação sexual para crianças distribuído pelo ministério de Educação. O panfleto, que obedecia padrões internacionais, tinha como objetivo ensinar tolerância a meninos e meninas em idade escolar com...
delete

 Voto evangélico abre la puerta a ola conservadora en Latinoamérica

  “La creciente influencia evangélica en la política latinoamericana es uno de los motores conduciendo la región hacia la derecha”, dijo a la AFP Andrew Chesnut, director de Estudios Católicos de la Universidad de la Mancomunidad de Virginia en Estados Unidos. En América Latina, hogar de 625 millones de personas, el 69% se declara católico y el 19% protestante, según datos de 2014 del Centro de Investigaciones Pew. Sin embargo, en el continente donde vive el 40% de los católicos del mundo, cada vez hay más cristianos de distintas denominaciones. “Uno de cada diez latinoamericanos fue criado en iglesias...