delete

Deputado da Bancada Evangélica propõe novo feriado: Dia de Adorar a Deus. Deputado da Bancada Católica propõe outro: Dia de São João...

Em um país afundado em denúncias de corrupção, alguns deputados federais parecem ter outras preocupações. Se todos os projetos que mexem no calendário oficial forem aprovados, o Brasil pode ganhar cinco feriados nacionais e perder um. Quando ainda era deputado, Newton Cardoso (PMDB/MG) criou um projeto de lei que não consideraria mais a Proclamação da República, em 15 de novembro, como feriado. Ele justificou que a República foi instituída sem participação popular. Por outro lado, existem quatro projetos de lei tramitando na Câmara que propõem novos feriados nacionais além dos 11 feriados já estabelecidos. O Dia de Adoração a...
delete

Análise: O que representa a indicação de um deputado fundamentalista para relatoria do Estatuto do Nascituro

Por Erika Kokay Por pressão da bancada fundamentalista [evangélica], a deputada federal Shéridan Oliveira (PSDB-RR), presidenta da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CMULHER) da Câmara Federal, distribuiu na última quinta-feira (5/10) a relatoria do polêmico Estatuto do Nascituro(PL 478/2007) para o deputado Diego Garcia (PHS-PR) [Bancada Católica]. A indicação do parlamentar é uma afronta ao colegiado. É um absurdo que uma matéria que dispõe sobre a vida das mulheres seja distribuída para um parlamentar que já demonstrou seu fundamentalismo, LGBTfobia e misoginia na relatoria do Estatuto da Família. Ora, não estamos falando de qualquer Comissão, mas da Comissão de Defesa dos Direitos da...
delete

Base Nacional Comum Curricular é alvo de políticos católicos e evangélicos

A Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional elaborou um ofício pedindo a retirada do conceito de gênero da Base Nacional Comum Curricular, documento que vai nortear os currículos dos sistemas e redes de ensino em todo o Brasil. O documento, grafado no dia 13 de setembro e endereçado ao presidente Michel Temer, foi encaminhado ao Ministério da Educação e agora encontra-se para análise do Conselho Nacional de Educação, instância responsável por elaborar um parecer final sobre a BNCC, antes de sua homologação. Assinado pelos deputados federais Takayama (PSC-PR), presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Givaldo Carimbão (PHS-AL), presidente da Frente Parlamentar...
delete

Maioria de autores de projetos baseados no Escola ‘sem’ Partido é ligada a igrejas

  A maioria dos parlamentares que propuseram projetos baseados no Escola sem Partido em legislativos estaduais, na Câmara dos Deputados e no Senado é ligada a alguma religião. Dos 14 projetos em tramitação, somente três foram apresentados por deputados não identificados como evangélicos ou católicos. A constatação reforça a preocupação sobre a ingerência de igrejas no espaço escolar, relatada por professores, estudantes e especialistas em educação críticos à proposta. O professor Luiz Antônio Cunha, doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, já havia alertado que a proposta é parte do avanço da regulação do ensino religioso em escolas...
delete

Deputados religiosos contestam ato da Presidente Dilma Rousseff e querem impedir uso de nome social por transexual no serviço público...

  Deputados de nove partidos deram entrada a uma proposta que revoga o decreto presidencial que permite o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de travestis e transexuais em toda a administração pública federal. A autorização, assinada pela presidente afastada Dilma Rousseff em 28 de abril, é contestada por parlamentares evangélicos e católicos. Encabeçado pelo deputado João Campos (PRB-GO), coordenador da bancada evangélica, o projeto de decreto legislativo (PDC 395/2016),apresentado em 18 de maio, aguarda despacho do presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), para começar a tramitar. “A edição de decreto por parte da...