delete

Michel Temer ficou preocupado com críticas da Igreja Católica

Michel Temer não gostou nada do posicionamento da Igreja Católica contra as reformas propostas pelo governo. De acordo com a coluna Radar Online, da revista Veja, o presidente ficou irritado pois não esperava que a Igreja fosse se manifestar a favor da greve geral. A publicação recorda que a CNBB (Confederação Nacional de Bispos do Brasil) se declarou contrária às mudanças na aposentadoria, também apoia a greve geral que aconteceu no dia 28 de abril em todo o país. A Igreja chegou a convocar fiéis a participarem da paralisação contra as reformas. O Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando...
delete

Papa envia carta a Temer e recusa visita ao Brasil

Em uma carta na qual recusa um convite para visitar o Brasil, o papa Francisco cobrou o presidente Michel Temer para evitar medidas que agravem a situação da população carente no País. A correspondência foi uma resposta a outra enviada pelo mandatário no fim de 2016, na qual o líder da Igreja Católica era convidado formalmente para as celebrações dos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, comemorados em 2017. “Sei bem que a crise que o país enfrenta não é de simples solução, uma vez que tem raízes sócio-político-econômicas, e não corresponde à Igreja nem ao Papa...
delete

Dos 28 deputados da comissão sobre aborto, 24 são contra interrupção da gravidez

Dos 28 titulares da comissão especial da Câmara dos Deputados que irá discutir mudanças na legislação sobre aborto, 24 já declararam abertamente ser contra a interrupção da gravidez. Dos integrantes colegiado, apenas três são mulheres. A comissão da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 58/2011, que trata de licença-maternidade no caso de bebês prematuros, foi constituída no último dia 6 de dezembro, após decisão do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pressionado pela bancada religiosa. Apesar do nome da PEC, o objetivo central do colegiado é reverter a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de descriminalizar o...
delete

11 frases que resumem o ativismo político de D. Paulo Evaristo Arns, morto em 14 de dezembro de 2016

A luta pelos direitos humanos perdeu nesta quarta-feira (14/12) o cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, Arcebispo Emérito da Arquidiocese de São Paulo, morto por falência múltipla dos órgão. Considerado guardião dos diretos humanos, Arns deixa lições para a sociedade brasileiras. O HuffPost separou 11 frases essenciais sobre o ativismo político do arcebispo: “O povo que não respeita a criança não respeita a si mesmo e nem respeita o próprio futuro.” “Toda crise é momento de mudanças qualitativas.” “A graça de Deus não esquece ninguém nem se regula por crachás.” “O celibato não deveria ser obrigatório.” “No Brasil, é necessário...
delete

Arquidiocese do Rio, responsável pelo Cristo Redentor, pede ajuda à população para manter a estátua Otros

A crise financeira enfrentada pelo Rio de Janeiro, onde os servidores públicos já ameaçam parar de trabalhar se não receberem os salários em dia, alcançou uma das Sete Maravilhas do Mundo moderno. A Arquidiocese do Rio, responsável pela conservação do Cristo Redentor, pede ajuda e convoca os fiéis e os nem tão fiéis — empresários e moradores solidários — para que façam suas doações. Afirma que não tem dinheiro suficiente para manter os gastos relacionados com a estátua de 30 metros de altura, que chegam a 30 milhões de reais por ano. O monumento, por exemplo, é um ímã para as descargas elétricas...