Teoria das Organizações


Objetivos

Propiciar ao aluno o conhecimento da evolução da Teoria da Administração e suas tendências atuais, capacitando-o para a reflexão crítica pautada nas diversas dimensões da organização: tecnologia, poder, cultura, adaptabilidade, conhecimento, mudanças e dominação. Pretende-se que o aluno adquira habilidades para identificar os fatores determinantes que caracterizam as organizações e influenciam os relacionamentos e condicionantes internos e externos; de maneira a reconhecer as diferentes situações organizacionais sob um enfoque pluralista que amplie o escopo e facilite o processo decisório.


Justificativas

A teoria das organizações constitui pilar fundamental na compreensão dos processos de gestão. Ao compreender as diversas dimensões organizacionais, bem como os diferentes enfoques adotados pelos estudos administrativos, desde sua origem, o aluno adquire as competências necessárias para a análise das organizações e o reconhecimento das alternativas para superação de seus problemas atuais e futuros.


Ementa

Campo do saber da administração. Ética nas organizações. As funções organizacionais: planejamento, organização, direção e controle. Perspectiva histórica das teorias da administração: Teoria Clássica, Administração Científica, Burocracia, Escola de Relações Humanas, Desenvolvimento Organizacional, Teoria Contingencial. e Teoria Geral dos Sistemas. Diferentes perspectivas em análise das organizações. Metáforas Organizacionais. Racionalidade e processo decisório nas organizações. Cultura e contexto nacional e mundial. Poder, controle e conflito. Mudança e estratégia nas organizações. Inovação e aprendizagem. O desenvolvimento da administração contemporânea: organizações virtuais, por processo, de alto desempenho, holísticas com base no conhecimento e informação. Tendências teóricas e implicações práticas no mundo empresarial.


Bibliografia

AKTOUF, Omar. A Administração entre a tradição e a renovação. Organização, tradução e adaptação da edição brasileira: Roberto Fachin e Tânia Fischer. São Paulo: Atlas: 1996.

CLEGG, Stewart, HARDY, Cynthia, NORD, Walter. Handbook de estudos organizacionais. Volume 1. São Paulo: Atlas, 1999. Organizadores da Edição Brasileira: CALDAS, Miguel,

FACHIN, Roberto, FISCHER, Tânia.

FARAZMAND, A. Modern Organizations: Theory and Practice. 2.ed. Praeger Publishers, 2002.

MINTZBERG,H. & QUINN, J.B. The Strategy Process - concepts, contexts, cases. Third edition. International edition, 1995.

MINTZBERG, Henry. Criando organizações eficazes: estruturas em cinco configurações. São Paulo: Atlas, 1995.

MORGAN, Gareth. Imagens da Organização. Edição Executiva. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

PERROW, Charles. Complex organizations: a critical essay. 3.ed. New York: McGraw-Hill, 1986.

SÉGUIN, F. & CHANLAT, J.F. Introduction: Les théories de l'organisation: d'un paradigme à l'autre. In: SÉGUIN, F. & CHANLAT, J.F.L'analyse des organisations - une anthologie sociologique. Tome I Les théories de l'organisation. Boucherville, Québec, 1992.

Ações do documento