Humanização e Sustentabilidade da Gestão

Disciplina Optativa

Objetivos: Discutir temas relacionados à humanização da gestão considerando a estrutura organizacional, a estratégia e as tecnologias utilizadas em organizações de diferentes setores. Capacitar os estudantes a analisar criticamente as organizações onde atuam e/ou atuarão, tendo como base uma visão humanística e socialmente responsável. Analisar impactos da gestão humanizada sobre a produtividade e competitividade das organizações. Estabelecer relações entre mecanização e informatização e (des)humanização. Desenvolver ferramentas passíveis de humanização da gestão.

Justificativas: Desenvolver o potencial humano e construir organizações humanizadas torna-se, cada vez mais, um diferencial de competitividade e sustentabilidade. Ementa: Humanização da Gestão. Foco no cliente, ética e responsabilidade social. Qualidade nos processos, produtos e serviços. Visão mecanicista das organizações e desumanização da gestão. A humanização nos diversos enfoques de estudos organizacionais. Gestão do conflito, poder e autoridade nas organizações. Organizações organicistas (humanizadas) como diferencial competitivo. Sustentabilidade social, econômica, política, ecológica. Responsabilidade Social. Valores, Ética Profissional e Corporativa. Humanização, individualidade, subjetividade, criatividade e inovação. Desenvolvimento do potencial humano. O Poder nas Organizações. Autoridade, Conflitos e Interesses. Dor e sofrimento psíquico (dos gestores, executivos e colaboradores). Violência Institucional. Organizações Neuróticas. Grupos de risco e síndrome do burn-out.

Bibliografia:

CAMPBELL, A., CONVERSE, P. , RODGERS, W. The quality of american life: perceptions, evaluations and satisfaction. Russell Sage, New York, 1956.

FONSECA, E.G. Felicidade. Companhia das Letras, São Paulo, 2003.

FOUCAULT, M. Vigiar e Punir. Petrópolis, Vozes, 1991.

FREITAS, M. E. Assédio Moral e Assédio Sexual - Faces do Poder Perverso nas Organizações, RAE, São Paulo, 2001.

MORGAN, G. Imagens da Organização. Atlas, São Paulo, 1996.

NOGUEIRA-MARTINS, C. Humanização das Relações Assistenciais, São Paulo, Casa do Psicólogo, 2001.

Ações do documento