Religião e Psicologia

Docente: Prof. Dr. James R. Farris
Período: 2º Semestre de 2006
Créditos: 03 (três)
Horário: quinta-feira, 14h – 16h30


Ementa

A disciplina procura identificar e analisar as relações entre religião e psicologia. Analisa criticamente, as antropologias e ontologias, implícitas e explícitas nas teorias da personalidade e nos contextos religiosos presentes na vivência brasileira.

Serão destacados três temas básicos: a personalidade humana e a religião; a psicologia da religião; os sistemas de valores presentes em diversas teorias de personalidade.


Objetivos

  • Analisar as principais teorias psicológicas modernas de personalidade a respeito de seus sistemas implícitos e explícitos de valores;
  • Examinar a literatura a respeito da psicologia da religião;
  • Explorar os contextos teológicos, psicológicos, culturais e práticos que influenciam o diálogo entre a psicologia e a religião.

Conteúdo Programático

  • A Psicologia e a Religião;
  • A Religião como Recurso em Momentos de Dificuldade ou Stress;
  • A Religião e a Saúde Mental;
  • A Psicologia do Desenvolvimento Religioso;
  • Deus, Anjos e Satanás;
  • A Religião, a Magia e o Desejo;
  • A Religião Salugênica e Patogênica;
  • Sigmund Freud, Religião e Valores;
  • Carl Jung, Religião e Valores;
  • Erik Erikson, Religião e Valores;
  • B.F. Skinner, Religião e Valores.

Estratégias de Ensino

  • Exposição dos professores;
  • Seminários;
  • Debates;
  • Pesquisa bibliográfica ou de campo;

Avaliação

  • 30% - Presença e participação na sala de aula.
  • 30% - Realização das leituras e seminário.
  • 40% - Trabalho monográfico.

Bibliografia Básica

A Necessidade e o Desejo: Caderno de Resumos-3o Seminário de Psicologia e Senso Religioso. USP, 1999.

A Psicologia e o Senso Religioso: Anais do Seminário. Riberão Preto, Salus, 1997.

Allport, Gordon. Becoming. New Haven, Yale University Press, 1955.

____________. The Individual and His Religion: A Psychological Interpretation. New York, The MacMillan Company, 1954.

Alves, Rubem. O Enigma da Religião. Petrópolis, Vozes, 1979.

______________. Protestantismo e Repressão. São Paulo, Editora Ática, 1979.

Amatuzzi, Mauro Martins (Org.). Psicologia e Espiritualidade. São Paulo, Paulus, 2005.

Argyle, Michael. Psychology and Religion: An Introduction. London, Routledge, 2000.

Arias, Juan. Um Deus para 2000: Contra o Medo e a Favor da Felicidade. Petrópolis, Editora Vozes, 1999.

Armstrong, Karen. Uma História de Deus. São Paulo, Companhia das Letras, 1995.

___________________. Em Nome de Deus: O Fundamentalismo no Judaísmo, no Cristianismo e no Islamismo. São Paulo, Companhia das Letras, 2001.

Associação Brasileira de Aconselhamento, ed. Fundamentos Teológicos do Aconselhamento. São Leopoldo, Sinodal, 1998.

Atkinson, Rita L. et.al. Introdução à Psicologia. Porto Alegre, Artes Médicas, 1995.

Baltodano, Sara. Psicologia, Pastoral e Pobreza. San José, Costa Rica, Universidad Bíblica Latinoamericana, 2003.

Barcelos, Gustavo. Jung. São Paulo, Ática, 1991.

Barros, Célia S. G. Pontos de Psicologia do Desenvolvimento. São Paulo, Ática, 1991.

Batson, C. Daniel, et.al. Religion and the Individual: A Social Psychological Perspective. Oxford, Oxford University Press, 1993.

Beith-Hallahmi e Argyle, Michael. The Psychology of Religious Behaviour, Belief and Experience. London, Routledge, 1997.

Boran, Jorge. O Senso Crítico e o Método: Ver, Julgar e Agir. São Paulo, Edições Loyola, 1987.

Browning, Don S. Religious Thought and the Modern Psychologies: A Critical Conversation in the Theology of Culture. Philadelphia, Fortress, 1987.

Brakemeier, Gottfried. O Ser Humano em Busca de Identidade: Contribuições para uma Antropologia Teológica. São Leopoldo, Sinodal, 2002.

Buber, Martin. Eu e Tu. São Paulo, Cortez e Moraes, 1979. Caliman, C. A Sedução do Sagrado: O Fenômeno Religioso na Virada do Milênio. Petrópolis, Vozes, 1999.

Campbell, Joseph. As Transformações do Mito Através do Tempo. São Paulo, Cultrix, 1990.

___________________. As Máscaras de Deus. São Paulo, Palas Athena,1993.

___________________. A Imagem Mítica. São Paulo, Papirus, 1994.

___________________. O Herói de Mil Faces. São Paulo, Cultrix, 1993.

Castinheira, Angel. A Experiência de Deus na Pós-modernidade. Petrópolis, Vozes, 1997.

Catlan, Jean-François. O Homem e Sua Religião: Enfoque Psicológico. São Paulo, Paulinas, 1999.

Comte, A. Discurso Sobre o Espírito Positivo: Ordem e Progresso. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1976.

Costa, Samuel. Psicoteologia Geral I. Rio de Janeiro, Costa, 2004.

Crippa, A. Mito e Cultura. São Paulo, Ed. Convívio, 1975.

Cunningham, Graham. Religion and Magic: Approaches and Theories. New York, New York University Press, 1999.

Derrida, Jacques. A Voz e O Fenômeno. Rio de Janeiro, Zahar, 1993.

Durkheim, Èmile. As Formas Elementares da Vida Religiosa. São Paulo, Martins Fontes, 1996.

Elíade, Mircea. História das Crenças e das Idéias Religiosas. Rio de Janeiro, Zahar, 1984.

______________. Imagens e Símbolos. São Paulo, Martins Fontes, 1991.

______________. Mito e Realidade. São Paulo, Perspectivas, 1972.

_____________. Mitos, Sonhos e Mistérios. Trad. por Samuel Soares. Lisboa, Edições 70, 1957.

_____________. O Sagrado e o Profano: A Essência das Religiões. Lisboa, Livros do Brasil, Nd.

____________. Shamanism. Princeton, Bollingen, 1964.

Erikson, E. The Life Cycle Completed. New York. Norton, 1982

________. Identidade, Juventude e Crise. Rio, Zahar, 1972

________ . Infância e Sociedade. Rio, Zahar, 1976

Fadman, J. e Frager, R. Teorias da Personalidade. São Paulo, Harper, 1979

Feuerbach, Ludwig. Preleções Sobre A Essência da Religião. Campinas, Papirus, 1989.

Filoramo, Giovanni e Prandi, Carlo. As Ciências das Religiões. São Paulo, Paulus, 1999.

Foucault. M. A Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro, Forense Universitária, 1997.

Fowler, James W. Estágios da Fé. São Leopoldo, Sinodal, 1992

_____________. Faith Development and Pastoral Care. Philadelphia, Fortress, 1987

Fraas, Hans-Jurgen. A Religiosidade Humana. São Leopoldo, IEPG, Sinodal, 1997

Frankl, Viktor. A Presença Ignorada de Deus. São Leopoldo, Sulina/Sinodal, 1985.

Freud, Sigmund. Além do Princípio de Prazer. Rio de Janeiro, Imago, 1969.

____________. O Futuro de Uma Ilusão. In, Os Pensadores, Abril Cultura, 1978.

____________. O Mal Estar na Civilização. Rio de Janeiro, Imago, 1997.

Fromm. E. Psicanálise e Religião. Rio de Janeiro, Livro Ibero Americano, 1956.

_______. Anatomia da Destrutividade Humana. Rio de Janeiro, Guanabara, 1973.

Fuller, Andrew. Psychology and Religion: Eight Points of View. London, Littlefield, 1994.

Gilligan, Carol. Uma Voz Diferente. São Paulo, Rosa dos Tempos, 1982

Gustavo, Barcelos. Jung. São Paulo, Ática, 1991.

Head, Julia. The Relationship Between Religion, Spirituality and Mental Health. Texto não publicado, 2002.

Hick, John. Filosofia da Religião. Rio de Janeiro, Zahar, 1970.

Hillman, J. Uma Busca Interior em Psicologia e Religião. São Paulo, Paulus, 1984.

Hunsinger, Deborah van Deusen. Theology and Pastoral Counseling: A New Interdisciplinary Approach. Michigan, Eerdmans, 1995.

Hurding, Roger F.. A Árvore da Cura - Modelos de Aconselhamento e de Psicoterapia. São Paulo, Vida Nova, 1988.

Jacobi, J. Complexo Arquétipo Símbolo. São Paulo, Cultrix, 1995.

James, William. As Variedades da Experiência Religiosa. London, Longmans, 1902.

Johnson, Paul. Psicologia da Religião, São Paulo, ASTE, 1964.

Jung, Carl Gustav. A Natureza da Psique. Petrópolis, Vozes, 1991.

_____________. A Vida Simbólica. Petrópolis, Vozes, 1998.

_____________. Civilização em Transição. Petrópolis, Vozes, 1988.

_____________. Homem e Seus Símbolos. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1964.

_____________. Psicologia da Religião Ocidental e Oriental. Petrópolis, Vozes, 1988.

_____________. Presente e Futuro. Petrópolis, Vozes, 1991.

_____________. Resposta a Jó. Petrópolis, Vozes, 1996.

Junqueira, Imrão Sérgio. O Desenvolvimento da Experiência Religiosa. Petrópolis, Vozes, 1995.

Kohlberg, L. Psychology of Moral Development. Vol. 2. San Francisco, 1984.

Kujawski, Gilberto de Mello. O Sagrado Existe. São Paulo, Editora Ática, 1984.

Latourelle, René. Teologia, Ciência da Salvação. São Paulo, Paulinas, 1971.

Leuba, James. A Psychological Study of Religion: Its Origins, Functions and Future. New York, Macmillan, 1912.

Lienhardt, R.G. Religião. In Shapiro, H.L. (org.). Homem, Cultura e Sociedade. Fundo de Cultura, Rio de Janeiro, 1966.

Lynch, Gordon. Pastoral Care and Counseling. London, Sage, 2002. Maslow, Abraham. Cognition of Being in the Peak Experiences. Journal of Genetic Psychology, 1959.

Massimi, Mariana e Mahfoud, Miguel (orgs.). Diante do Mistério: Psicologia e Senso Religioso. São Paulo, Edições Loyola, 1999. Mondin, Batista. A Linguagem Teológica; Como Falar de Deus Hoje?. São Paulo, Ed. Paulinas, 1979.

Moura, M. L. et.al. Pesquisas Brasileiras em Psicologia do Desenvolvimento. Rio de Janeiro, EdUERJ, 1998.

Nietzsche, Friedrich. Assim Falava Zarathurstra. São Paulo, Cultura Moderna, s.d.

Oates, Wayne E. The Psychology of Religion. Waco, Texas, Word Books, 1973.

Otto, Rudolf. O Sagrado: Um Estudo do Elemento Não Racional na Idéia do Divino e Sua Relação com O Racional. São Bernardo do Campo, Ciências da Religião, Imprensa Metodista, 1985.

Paiva, G.J. A Religião dos Cientistas: Uma Leitura Psicológica. São Paulo, Edições Loyola, 2000.

________. Introdução à Psicologia Intercultural. São Paulo, Pioneira, 1978.

________. Psicologia da Religião na Europa. Arquivos Brasileiros de Psicologia, v. 42, n. 3, p. 88-99, jun./ago., 1990.

Paiva, G.J. (ed.). Entre Necessidade e Desejo: Diálogos da Psicologia com a Religião. São Paulo, Loyola, 2001.

Paiva, G.J. e Zangari, Wellington (Orgs.). A Representação na Religião: Perspectivas Psicológicas. São Paulo, Edições Loyola, 2004.

Palmer, Michael. Freud e Jung Sobre a Religião. São Paulo, Loyola, 2001.

Pargament, Kenneth. The Psychology of Religion and Coping. London, The Guilford Press, 1997.

Paula, R. D. Religião: Uma Criação da Humanidade: Gênese, Evolução, Conflitos do Passado e do Presente. Rio de Janeiro, Itambé, 1978.

Pessotti, Isaias. A Loucura e as Épocas. São Paulo, Editora 34, 1994.

Piazza, Waldomiro O. Introdução à Fenomenologia Religiosa. Petrópolis, Vozes, 1983.

Pruiser, Paul. W. A Dynamic Psychology of Religion. New York, Harper and Row, 1968.

Queiroz, José J. (ed.). Interfaces do Sagrado: Em Véspera de Milênio. São Paulo, PUC, 1996.

Rampazzo, Lino. Antropologia, Religiões e Valores Cristãos. São Paulo, CEDAS/Edições Loyola, 1996.

Ricoeur, Paul. Nas Fronteiras da Filosofia. São Paulo, Loyola, 1996.

Rizzuto, Ana-Maria. O Nascimento do Deus Vivo: Um Estudo Psicanalítico. São Leopoldo, Sinodal, 2006.

________________. Por que Freud Rejeitou Deus: Uma Interpretação Psicodinâmica. São Paulo, Edições Loyola, 2001.

Rosa, Meral. Psicologia da Religião. Rio de Janeiro, Casa Publicadora Batista, 1971.

Schumacker, E. F. (ed.). Religion and Mental Health. New York, Oxford University Press, 1992.

Silveira, N. Jung: Vida e Obra. São Paulo, Paz e Terra, 1994. Starbuch, Edwin Diller. The Psychology of Religion: An Empirical Study of the Growth of Religious Consciousness. New York, Charles Scribner's Sons, 1899.

Sudbrack, Josef. Experiência Religiosa e Psique Humana: Onde a Religião e a Psicologia se Encontram. São Paulo, Loyola, 2001.

Terrin, Aldo Natale. O Sagrado Off Limits. São Paulo, Loyola, 1998.

Tillich, P. A Coragem de Ser. Rio, Paz e Terra, 1976.

_______ . A Dinâmica da Fé. S. Leopoldo, Sinodal, 1974.

_______. História do Pensamento Cristão. São Paulo, ASTE,1988.

Valle, Edênio. Psicologia e Experiência Religiosa. São Paulo, Loyola, 1998.

Vários. “A Psicologia Desafia a Fé?” Concilium. 1982.

Wiebe, D. Religião e Verdade: Rumo a um Paradigma Alternativo para o Estudo da Religião, São Leopoldo, Sinodal, 1998.

Wilges, I. Cultura Religiosa: As Religiões do Mundo. Rio de Janeiro, Vozes, 1983.

______. Cultura Religiosa: Temas Religiosos Atuais. Rio de Janeiro, Vozes, 1983.

Zilboorg, G. Psicanálise e Religião. Rio de Janeiro, Vozes, 1969.



Programa de aulas - Provisório

  • 03 de Agosto - Introdução e Apresentação de Conceitos Básicos: Psicologia e Religião / Psicologia da Religião;
  • 10 de Agosto - A Psicologia da Religião / A Psicologia e Religião;
  • 17 de Agosto - A Religião como Recurso em Momentos de Dificuldade ou Stress;
  • 24 de Agosto - A Religião e a Saúde Mental;
  • 07 de Setembro - Feriado;
  • 14 de Setembro - A Psicologia do Desenvolvimento Religioso;
  • 21 de Setembro – Leituras;
  • 28 de Setembro - Deus, Anjos e Satanás;
  • 05 de outubro - A Religião, a Magia e o Desejo;
  • 12 de Outubro – Recesso Acadêmico;
  • 19 de Outubro - A Religião Salugênica e Patogênica;
  • 26 de Outubro - Sigmund Freud, Religião e Valores;
  • 02 de Novembro – Carl Jung, Religião e Valores;
  • 09 de Novembro – Erik Erikson, Religião e Valores;
  • 16 de Novembro – B.F. Skinner, Religião e Valores / Seminário;
  • 23 de Novembro – Seminários;
  • 30 de Novembro – Não haverá encontro;
  • 07 de Dezembro – Seminários.
Ações do documento