Você está aqui: metodista Portal de Publicações Científicas Educação e Linguagem Educação e Linguagem 12 A infância no Brasil: o atendimento da criança de zero a seis anos da década de 30 aos dias atuais

A infância no Brasil: o atendimento da criança de zero a seis anos da década de 30 aos dias atuais

Regina Magna Bonifácio de Araújo

Resumo

Este trabalho é parte da Dissertação de Mestrado em Educação da autora. Ele busca apresentar um pouco da história do atendimento à criança de zero a seis anos no Brasil a partir da criação do Primeiro Estatuto da Criança, em 1939, documento este que pretendia assegurar os direitos das crianças brasileiras. Da década de 30 aos dias atuais, o texto em questão mostra iniciativas e legislações que focalizam a criança e evidenciam concepções de infância e de educação infantil característicos de cada época. O trabalho procura apontar como foi significativo o avanço da sociedade civil nas questões relacionadas ao atendimento da criança de zero a seis anos e na articulação de um expressivo movimento em defesa dos seus direitos.

Palavras-chave: infância; atendimento a criança; educação infantil.


The infancy in Brazil: the assistance of the child from 0 to 6 in the 30s up to now

Abstract

This task is part of the Master Dissertation of the author. The task aims to present a little of the assistance to child from 0 to 6 years old in Brazil from the creation of the first Child Statute, in 1939, its intention was to assure the rights of the Brazilian children. From the 30s up to now, the text in question shows initiatives and legislations that focus the child and highlight conceptions of the infancy and of the infantile education characteristic to each period of time. The task aims to point how significant was the advance of the civil society in the question related to the assistance of the child from 0 to 6 years old and in the articulation of an expressive movement in defense of their rights.

Key-words: infancy; assistance to the child; infantile education.


La niñez en Brasil: el atendimento del niño de 0 a 6 anos de la década de 30 hasta los días de hoy

Resumen

Este trabajo es parte de la Disertación de Maestría en Educación de la autora. Él busca presentar algo de la historia de la atención dada al niño de cero a seis años en Brasil a partir de la creación del Primer Estatuto del Niño, en 1939, documento ese que pretendía asegurar los derechos de los niños brasileños. De la década de 30 hacia los días de hoy, el texto referido enseña iniciativas y legislaciones que buscan focalizar al niño y evidencian concepciones de niñez y de educación infantil característicos de cada época. El trabajo busca apuntar como fue significativo el avance de la sociedad civil en las cuestiones relacionadas a la atención al niño de 0 a 6 años y en la articulación de un expresivo movimiento en defensa de sus derechos.

Palabras-clave: infancia; atención al niño; educación infantil.


Regina Magna Bonifácio de Araújo* - Doutoranda do Programa de Pós-graduação da Faculdade de Educação da Unicamp, Diretora Pedagógica do Colégio Metodista, Unidades São Bernardo do Campo e Bertioga.


ppc/imagens/assinaturas.jpg

ppc/imagens/adquira.jpg