Você está aqui: Página Inicial / Consumo diário de cinco porções entre frutas e legumes previne doenças cardiovasculares

Consumo diário de cinco porções entre frutas e legumes previne doenças cardiovasculares

por caroline.assis1 última modificação 18/10/2019 16h47
Os alimentos são ricos em propriedades que auxiliam no combate ao colesterol e pressão alta, prejudiciais ao coração

Publicado em 18/10/2019 16h47

Última atualização em 18/10/2019 16h47

Consumo diário de cinco porções entre frutas e legumes previne doenças cardiovasculares
Quase três milhões de mortes poderiam ter sido evitadas em 2010 com um consumo maior de frutas e legumes - Foto: Caroline Ripani/RRO

CAROLINE RIPANI
Da Redação*

Segundo descoberta recente da Universidade de Tufts nos Estados Unidos, comer frutas e legumes em cinco porções ao longo do dia pode reduzir o risco de morte por ataque cardíaco e acidente vascular cerebral. O estudo relacionou o consumo desses alimentos em 113 países, que corresponde a 82% da população mundial, com as mortes nesses mesmos locais no ano de 2010 para obter um panorama geral.

A pesquisa concluiu que a pouca ingestão de frutas resulta em cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente vascular cerebral e 520 mil por doença cardíaca coronária ao ano. Já a falta de legumes e verduras na alimentação é responsável por 200 mil óbitos em razão de AVC e mais de 800 mil por ataque cardíaco.

A nutricionista Andrea Scherwitz explica a importância desses alimentos na prevenção de doenças cardiovasculares: “Quando falamos em infarto, ataque cardíaco, colesterol, placa de ateroma, o consumo de frutas, legumes e verduras é excelente pois eles possuem propriedades que ajudam a fazer uma limpeza nas artérias”.

Esses alimentos são ricos em antioxidantes, vitaminas e fibras que em conjunto preservam as células do corpo e auxiliam no controle da pressão arterial e do colesterol alto, causas de muitos problemas cardiovasculares, além de prevenirem doenças respiratórias, ósseas, entre outras.

Andrea ainda indica mais formas de prevenção desses problemas, que aliadas ao consumo diário de frutas e legumes contribuem em dobro para o bem estar do organismo. “Evitar gorduras, açúcares, e ganho de peso também são fundamentais” afirmou a nutricionista.

Leia mais: Dieta rígida e exercícios físicos nem sempre são sinônimos de saúde

Mudança Saudável

Viviane Pinheiro passou por problemas de saúde em 2018 onde acabou perdendo muito peso, deixando-a debilitada. Ao passar a consumir mais alimentos como laranja, uva, abacaxi, brócolis, couve flor, batata, entre outros, notou a diferença que fez em sua vida. “Eu me sentia muito fraca antes, mas agora tenho mais disposição para fazer as coisas, o sono também melhorou bastante. Muitos pensam que comer direito é só para perder peso mas na verdade é qualidade de vida” contou.

Para quem também quiser apostar em uma alimentação mais saudável, São Bernardo oferece várias feiras livres. Aqui no Rudge Ramos elas acontecem nos seguintes endereços: aos sábados na Rua Ida Leone Cleto e de quinta-feira das 18h às 22h na Praça dos Meninos. Outros locais podem ser conferidos no site www.saobernardo.sp.gov.br/feiras-livres.

*Esta reportagem foi produzida por estagiários da Redação Multimídia da Universidade Metodista de São Paulo

Ações do documento