Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Cidades / 2014 / 08 / Comunidade muçulmana promove ato de solidariedade a palestinos

Comunidade muçulmana promove ato de solidariedade a palestinos

por oscar.brandtneris — última modificação 08/08/2014 16h55
Passeata será promovida nesta sexta-feira (8); Câmara faz moção de repúdio a conflito na faixa de Gaza

Publicado em 06/08/2014 17h10

Última atualização em 08/08/2014 16h55

Comunidade muçulmana promove ato de solidariedade a palestinos
Xeque Hammadeh obteve moção de repúdio ao conflito no Oriente Médio dos vereadores de São Bernardo - Foto: Leonardo Vantini/RRO

 

LEONARDO VANTINI
LUCAS ALENCAR
OSCAR BRANDTNERIS
Da Redação*

A comunidade muçulmana realizará uma passeata em solidariedade aos palestinos, na próxima sexta-feira (8), a partir das 13h. O ponto de partida será na Mesquita de São Bernardo e serão percorridas diversas ruas da cidade em um ato simbólico para pedir liberdade e paz na Faixa de Gaza, alvo de ataques do exército de Israel.

O atual conflito entre Israel e o Hamas, grupo militante palestino que controla a faixa de Gaza, começou no início de julho, quando o governo israelense acusou o Hamas de sequestrar e matar três jovens israelenses. Em retaliação, Israel lançou a “Operação Margem Protetora” que, até o momento, matou cerca de 2.000 civis palestinos e deixou mais de 10 mil pessoas feridas.

O teólogo muçulmano Jihad Hassan Hammadeh, que compareceu à sessão na Câmara Municipal, afirmou que é necessário mobilizar atos como o de São Bernardo para sensibilizar a sociedade e os governos em torno um cessar-fogo imediato e definitivo para a região. “Só teremos uma trégua real quando pararem de cair bombas nas casas daquelas famílias. Além disso, existe um bloqueio econômico e nós precisamos nos manifestar”, disse.

Na opinião do xeque Hammadeh, o conflito na faixa de Gaza não deve ser tratado como mais um massacre ou uma guerra, mas um genocídio. "O governo brasileiro, se usasse este termo para classificar o caso, precisaria levá-lo em forma de denúncia ao Tribunal Internacional, mas preferiu ser ameno”, prosseguiu.

Os vereadores protocolaram uma moção de repúdio aos conflitos (foto acima).

Serviço:
“Palestina Livre - Ato em solidariedade ao povo palestino”
Data: 08 de Agosto de 2014
Horário: A partir das 13h
Ponto de partida: Rua Henrique Alves de Santos, 161 (próximo ao Poupa Tempo)

*Esta reportagem foi produzida por estagiários da Redação Multimídia da Faculdade de Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo

Ações do documento

registrado em: ,