Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Cidades / 2016 / Patrimônios tombados mudam de “atividade”

Patrimônios tombados mudam de “atividade”

por erika.motoda última modificação 18/11/2016 09h58
Prédios mantêm características iniciais, mas abrigam outros tipos de negócios

Publicado em 18/11/2016 08h15

Última atualização em 18/11/2016 09h58

Patrimônios tombados mudam de “atividade”
Antiga fachada do Cine São Bernardo; hoje, local abriga uma loja de calçados - Foto: Seção de Pesquisa e Documentação de São Bernardo

ÉRIKA MOTODA
THAÍS SOUZA
Do Rudge Ramos Jornal*

O cinema virou loja de calçados. O antigo posto de saúde agora é um escritório. No bar antigo, funcionam uma agência de banco e um restaurante. Em São Bernardo, prédios tombados como patrimônio cultural mantiveram a arquitetura, mas passaram a abrigar outras atividades.

Ao todo, a cidade tem 31 bens tombados (veja abaixo). Oito desses bens, entre eles alguns que mudaram de função, estão na rua Marechal Deodoro. Um deles é o antigo Cine São Bernardo, que hoje abriga a loja de calçados Mundial. Desse estabelecimento, somente a fachada foi tombada em 2010, o que permite mudanças no interior do espaço. 

Uma placa fixada na entrada indica que aquele é um lugar histórico. Mas para saber mais sobre o assunto, é preciso ir até o fundo da Mundial, perto dos caixas, onde há um painel descrevendo a trajetória do ambiente.

A inauguração do cinema foi em 1921. Surgia o Cine Enrico Caruso, em homenagem ao tenor italiano de Nápoles, morto nesse ano. O espaço foi adquirido pelo dono da Mundial em 2012. De acordo com o gerente da loja, Henrique Bellido, a prefeitura visitou o local antes e depois das reformas para certificar que a entrada permaneceria com as características iniciais.

Outro exemplo de patrimônio em que houve mudança de atividade fica no nº 1.737 da rua. É a casa da Ouvidoria da Secretaria de Saúde Municipal.Antes, era moradia da família Setti, uma das mais importantes da cidade. O local se tornou de uso público quando os Setti deixaram o espaço para o funcionamento de um posto de saúde.

Já no nº 1.259 da rua, há uma construção de dois andares. Lá, no térreo, ficava o Bar Expresso, onde comerciantes, políticos e industriais, como Wallace Simonsen, Armando Setti, Pery Ronchetti, se reuniam para articular a retomada da autonomia de São Bernardo na década de 1940. 

Bar Expresso
Políticos e industriais se reuniam para articular a autonomia da cidade na década de 1940 - Foto: Seção de Pesquisa e Documentação de São Bernardo

Hoje, os funcionários do banco Ibi ocupam esse andar. No de cima, ficava o Esporte Clube São Bernardo, que era dirigido pelo dono do imóvel, Pietro Henry. Atualmente, pelo espaço há mesas e cadeiras de um restaurante.

Mesma finalidade

Ainda assim, a Marechal mantém três patrimônios tombados exibindo as mesmas funções. As capelas Santa Filomena e Nossa Senhora da Boa Viagem e o Edifício Wallace Simonsen, do antigo banco Noroeste, que foi incorporado pelo Santander.

Comparando as fotos da década de 1940 com uma atual, é possível ver que a estrutura da Capela Santa Filomena foi preservada. A construção é de 1881. A fachada está coberta com pichações e cartazes de pessoas desaparecidas. A reportagem não teve acesso ao interior do patrimônio, pois ele estava trancado durante a apuração, às 9h40.

Capela Nossa Senhora
Capela Nossa Senhora da Boa Viagem apresenta sinais de deterioração no interior da construção - Foto: Seção de Pesquisa e Documentação de São Bernardo
Já a Capela Nossa Senhora da Boa Viagem estava aberta. Por fora, ela estava bem conservada. Mas o interior apresentava sinais de deterioração. Foi possível ver os tijolos da construção, pois o reboco havia caído. Uma goteira estava perto do portão. Do lado, também havia uma caixa de luz com os fios estragados. A construção data de 1814.

O Edifício Wallace Simonsen é um prédio de esquina. A parte que se encontra na rua Marechal Deodoro funciona como agência do Santander no térreo e moradia nos outros andares. 

A razão do tombamento da fachada foi por ter sido pioneiro no processo de verticalização da cidade. O imóvel foi construído em 1953, por Wallace Simonsen, que fundou o banco Noroeste e abriu a sua primeira filial no térreo de edifício. Nos oito andares acima, eram salas comerciais e apartamentos residenciais.

A parte desse prédio na rua Dr. Fláquer funciona como escritório e atendimento do Rotativo de São Bernardo no primeiro andar. No segundo, funciona o Centro de Referência e Apoio à Mulher Márcia Dangremon. Não há placa que indique o tombamento.

Em outra agência do Santander na Marechal, há um painel de 2m x 14,6m que retrata a história de São Bernardo. A obra de Adélio Sarro Sobrinho representa os primeiros imigrantes, indústrias de móveis e automóveis e a estrutura da cidade. O painel foi pintado em 1994 e tombado em 2005.

Cultura 

Câmara de Cultura
Câmara de Cultura Antonino Assumpção abriga exposições atualmente - Foto: Érika Motoda/RRJ

A Câmara de Cultura Antonino Assumpção também é tombada. Hoje, abriga exposição sobre a industrialização da cidade durante a República Velha no cômodo principal. No fundo da casa, o espaço funciona como biblioteca. O interior da casa está bem conservado. Em compensação, a fachada está suja e pichada. 

De acordo com a Seção de Patrimônios, o imóvel foi a primeira Câmara Municipal da antiga São Bernardo, construída por volta de 1890, que na época, envolvia todo o atual ABC. Serviu, ainda, como gabinete para prefeitos e, posteriormente, sediou a Casa dos Esportes. Foi tombada em 1987. 

 

Patrimônios de São Bernardo

Área da antiga Chácara Lauro Gomes
Av. Taboão, 299 - Taboão

Árvore dos Carvoeiros
Via Anchieta, KM 24

Câmara de Cultura Antonino Assumpção
Rua Marechal Deodoro, 1.325 - Centro

Capela Nossa Senhora da Boa Viagem
Rua Marechal Deodoro, 1.131 - Centro

Capela Santa Filomena
Rua Marechal Deodoro, 637 - Centro

Capela de São Bartolomeu
Rua Portugal, 107 (interior do Parque Estoril) - Estoril

Capela Santo Antônio
Rua Leonardo Martins Neto, 1 - Bairro dos Casa

Casa do Comissário do Café
Rua João Gross, 221 - Vila Gonçalves

Chácara Silvestre
Av. Wallace Simonsen, 1.800 - Nova Petrópolis

Chaminé da avenida Pery Ronchetti
Alameda Dom Pedro de Alcântara, s/nº - Nova Petrópolis

Cidade da Criança
Rua Tasman, 301 - Jardim do Mar

Edifício Alfa da Universidade Metodista de São Paulo
Rua do Sacramento, 230 - Rudge Ramos

Emeb Santa Terezinha
Alameda Glória, 197 - Centro

Igreja Presbiteriana Independente
Rua Dr. Fláquer, 824 - Centro

Igreja Santa Maria
Rua João Morassi, 1.233 - Demarchi

Jatobá da Vergueiro
Av. Senador Vergueiro, 1.001 - Rudge Ramos

Obelisco do Soldado Constitucionalista
Praça Ângelo Marin - Pauliceia

Painel "Memória de Uma Cidade"
Rua Marechal Deodoro, 1.164 (instalado no interior do Banco Santander) - Centro

Painel de Azulejo da Fonte Água Mineral São Bernardo
Rua Dona Júlia César Ferreira, 260 - Baeta Neves

Pavilhão e Estúdios da Antiga Cia. Cinematográfica Vera Cruz
Av. Lucas Nogueira Garcez, 856 - Jardim do Mar

Torre da Elni
Rua Henrique Alves dos Santos, 85 - Vila Euclides

Cine São Bernardo
Rua Marechal Deodoro, 1.237 - Centro

Área Verde da Antiga Indústria de Embalagens Matarazzo
Rua Braga, 200 - Centro

Chácara Colúmbia
Av. Senador Vergueiro, 3.490 - Rudge Ramos

Terreiro Ilê Alaketu Asé Airá
Rua Antonio Batistini, 226 - Batistini

Imóvel da Família Setti (Posto de Saúde)
Rua Marechal Deodoro, 1.737 - Centro

Bar Expresso
Rua Marechal Deodoro, 1.259 - Centro

Mizuho
Estrada Particular Eiji Kikuti, 1.502 - Cooperativa

Capela dos Quaglia
Estrada Velha Caminho do Mar, 3.001 - Capelinha

Capela Família Impiglia (Capela Santa Cruz)
Estrada do Rio Acima, 8.315 - Tatetos

Edifício Wallace Simonsen (Banco Noroeste)
Rua Dr. Fláquer, 208 - Centro

 

 

*Esta reportagem foi produzida por estagiários da Redação Multimídia da Universidade Metodista de São Paulo

Ações do documento