Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Comportamento / 2018 / Comemoração do Dia das Mães pode ir além dos presentes

Comemoração do Dia das Mães pode ir além dos presentes

por natalia.rossi última modificação 09/05/2018 10h03
Poemas,viagens e shows são formas criativas que filhos encontram para celebrar a data

Publicado em 09/05/2018 10h03

Última atualização em 09/05/2018 10h03

Comemoração do Dia das Mães pode ir além dos presentes
Gabriella Camilo tenta presentear a mãe durante todo o ano e não apenas em datas comemorativas - Foto: Arquivo Pessoal/Gabriella Camilo

NATÁLIA ROSSI
Da Redação*

Com a chegada do Dia das Mães, começa a procura e planejamento pelo presente perfeito. Segundo a Pesquisa de Intenção de Compras, realizada pelo Observatório Econômico da Metodista, a expectativa do comércio no ABC este ano é de movimentar R$132 milhões.

Mas nem sempre um objeto é a escolha preferida dos filhos, e nem das mães. Tornar o dia das mães um dia de atividades em família pode ser a melhor opção para quem quer algo diferente ou não pode gastar muito. A experiência do momento, ou da realização de um sonho, é uma forma marcante de comemorar a data.

A estudante de psicologia Milena Calegário, 20, pensou nisso quando se inscreveu em um concurso para ganhar ingressos para um show do Roberto Carlos, sendo uma das premiadas com duas entradas. Na época, sem trabalhar, foi a forma dela de presentear a mãe mesmo sem dinheiro. “Ela gostou muito. Era o sonho dela conhecer ele[Roberto Carlos]”, conta.

Na família de Gabriella Camilo, 20, não é costume dar presentes para comemorar datas. Mas mesmo assim, ela e as irmãs tentam não deixar o dia passar em branco. “É sempre bom quando a gente dá um presente, mesmo fora de época. Fazer uma cartinha, almoço, sair junto, fazer alguma coisa diferente, coisas assim”, explica. “Eu acredito que minha mãe prefira mais esses momentos do que um presente comprado.” Ela conta que costuma preparar café da manhã no dia, e sair para algum almoço, além das cartinhas que entregava.

Nathalia Faga, 16, se arriscou  e escreveu um poema para sua mãe com termos matemáticos, já que ela é professora desta disciplina.  “Eu fiz um café da manhã com as coisas que ela gostava e escrevi um poema. Eu relacionei a profissão dela com o jeito que ela une nossa família.”

LEIA MAIS: Comércio do ABC espera melhor Dia das Mães dos últimos três anos

Já na família da analista de comunicação e marketing, Ana Carolina Grassi Leonardi, 28, atividades em família sempre foram o presente ideal, desde passeio curtos a viagens de mais de um dia. Um exemplo foi uma excursão organizada por Ana Carolina e suas irmãs. Pela rotina corrida das filhas, já adultas, o tempo em família era curto. “Minha mãe sempre falava que a gente não passava mais um tempo de qualidade juntas. Então, a gente decidiu fazer uma reserva em um hotel fazenda em Serra Negra”, conta. “O mais legal da experiência é que a pessoa pode vivê-la com você, pela pessoa estar com você enquanto aproveita o presente que você deu”, finaliza.

A estimativa é de um gasto médio de aproximadamente R$ 260 em presentes, refeições especiais, gasolina e estacionamento para comemorar a data, segundo dados da pesquisa do Observatório Econômico da Metodista.

*Esta reportagem foi produzida por estagiários da Redação Multimídia da Universidade Metodista de São Paulo

Ações do documento