Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Créditos da Nota Fiscal Paulista podem ser abatidos do IPVA 2020

Créditos da Nota Fiscal Paulista podem ser abatidos do IPVA 2020

por caroline.assis1 última modificação 18/10/2019 14h55
Moradores do Rudge Ramos também podem realizar o procedimento online para escolha da opção

Publicado em 18/10/2019 14h55

Última atualização em 18/10/2019 14h55

Créditos da Nota Fiscal Paulista podem ser abatidos do IPVA 2020
Outubro é o único período disponível para que os consumidores possam ter acesso a esta opção. Foto: Reprodução/Nota Fiscal Paulista

ANDRESSA SCHMIDT
Da Redação*

Os usuários do programa Nota Fiscal Paulista podem utilizar os créditos recebidos para abatimento no valor do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) 2020. Os moradores do bairro Rudge Ramos que queiram realizar este procedimento devem solicitar a opção pelo site da Nota Fiscal Paulista.

Outubro é o único período disponível para que os consumidores possam ter acesso a esta opção no site da NFP, sendo a data limite até o último dia do mês (31). Importante ressaltar que o veículo deve estar no nome do usuário cadastrado no programa.

Segundo o economista Pedro Afonso Gomes, “você tem de vantagem em utilizar o crédito no IPVA porque é um dinheiro que você vai deixar de desembolsar. Janeiro é um mês difícil por conta de muitos impostos e contribuições exigidos e elas não tem tanto dinheiro disponível como tinham em dezembro, por exemplo, quando receberam o 13º. Para quem não é prevenido, chega em janeiro com um valor para pagar acima de sua capacidade e, às vezes, até deixa de pagar alguma coisa. Com o crédito da NFP, fica mais fácil um pouco”. Ele ainda cita para exemplificar que, se a pessoa tem disponível R$200 na conta do programa e utiliza para abater no IPVA de R$400, ao final ela só terá que pagar a diferença do valor.

Ana Carolina Moribe contou que já usou os créditos da NFP para o IPTU, mas nunca havia solicitado para abater no IPVA. “Eu tenho interesse porque o valor ajuda no pagamento das contas em janeiro. Mas por falta de informação, eu não sabia qual era o prazo para pedir pelo abatimento”. Já Claudinei Magrini não tem interesse em utilizar esse serviço. “Geralmente o valor do meu IPVA é muito maior do que o que eu consigo com os créditos, e eu acho que não é interessante o valor de abatimento. Para isso, eu precisaria ter muito crédito para abater pelo menos 20%, 30% ou 40%”. Ecilda Caldas também nunca utilizou os créditos para este serviço, mas conta: “No momento, não tenho interesse nisso, mas se no futuro eu achar que é conveniente abater o valor no IPVA, pode ser que eu venha a utilizar. Mas muitas vezes eu até esqueço de informar o CPF em alguma compra”.

Para realizar o procedimento, é necessário que a pessoa tenha acesso à internet, usuário e senha do cadastro no Programa e o número de RENAVAM do veículo. Com isso, é só entrar no site da NFP (https://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/nfp). Ao acessar o Sistema, o consumidor precisa ir à opção “Conta Corrente” – “Consultar”. Se houver créditos disponíveis, ele clica em “Utilizar créditos” e depois em “quitação ou abatimento no valor do IPVA”. A pessoa pode escolher o valor que ela deseja usar para o abatimento, e caso seja maior que o valor do IPVA, o dinheiro restante volta para a conta corrente da Nota Fiscal Paulista.

 

*Esta reportagem foi produzida por estagiários do Curso de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo

Ações do documento