Você está aqui: RROnline Notícias Educação 2011 08 No Enem 2010, quatro cidades do ABC ficam abaixo da média do Estado

No Enem 2010, quatro cidades do ABC ficam abaixo da média do Estado

por caroline.garcia — última modificação 12/09/2011 10:56
No ranking nacional, somente Rio Grande da Serra não alcançou índice

Publicado em 12/09/2011 10:40
Última atualização às 10:56

Contraste | A A+ A++

Da Redação*

No ranking de 2010 do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), as cidades de Santo André, Diadema, Mauá e Ribeirão Pires ficaram abaixo da média obtida pelo Estado de São Paulo. As notas por escolas foram divulgadas nesta segunda-feira (12) pelo MEC (Ministério da Educação).

A média estadual, que é estabelecida com a soma da prova objetiva e da redação, foi de 561,48 pontos. Na região, o município que teve o pior desempenho foi Rio Grande da Serra. As 20 escolas inscritas (19 públicas e 1 privada) atingiram média de 523,81 pontos. 

Em seguida aparece Mauá, com 137 escolas participantes (98 públicas e 39 privadas) e 545,07 pontos. Em terceiro lugar está Diadema, que alcançou a média de 550,74 entre 172 escolas (112 públicas e 60 privadas).

A cidade de Santo André (401 escolas participantes, sendo 165 públicas e 236 privadas) atingiu um valor muito aproximado da média estadual, mas ainda ficou abaixo do índice, com 561,12 pontos.

Já São Caetano, São Bernardo e Ribeirão Pires foram melhores do que a média do Estado. As 95 escolas de São Caetano inscritas no Enem (68 públicas e 27 privadas) obtiveram a melhor classificação da região, com 583,38 pontos. Em seguida, aparece São Bernardo (344 escolas, sendo 229 públicas e 115 privadas), com nota média de 563,96. Ribeirão Pires atingiu 563,74 pontos, com 81 escolas participantes (60 públicas e 21 privadas).

Nacional – A média do país foi menor do que a do Estado de São Paulo e alcançou 537,04 pontos. Neste resultado, somente Rio Grande da Serra fica abaixo do índice geral nacional.

De acordo com o MEC, a média nacional das quatro provas objetivas (ciências da natureza, ciências humanas, matemática e linguagens e códigos) subiu 10 pontos entre 2009 e 2010, e foi de 501 para 511. O objetivo do ministério é aumentar a nota para 600 pontos em 15 anos.

O número de participantes concluintes no ensino médio também aumentou neste mesmo período. Foi de 824 mil alunos, em 2009, para 1 milhão no ano passado.

Neste ano, o Enem recebeu mais de seis milhões de inscritos. O número de participantes é o maior desde a criação do exame, em 1998. A prova de 2011 será realizada nos dias 22 e 23 de outubro. (CAROLINE GARCIA)

 

*Esta reportagem foi produzida por alunos do curso de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo

Ações do documento
registrado em: