Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Esportes / Pasta 2 / Levantador Rodriguinho é destaque de São Bernardo no vôlei

Levantador Rodriguinho é destaque de São Bernardo no vôlei

por esportes — última modificação 19/02/2008 09h19
Jogador, que já atuou com Marcelinho, Ricardinho e Maurício, espera manter a boa fase da equipe na Superliga.

Publicado em 19/02/2008 09h19

Última atualização em 19/02/2008 09h19

Levantador Rodriguinho é destaque de São Bernardo no vôlei
Rodriguinho busca, em ídolos da posição, inspiração para se manter entre os melhores da Superliga 2008 - Crédito: João Pires/PhotoeGrafia

ANDRÉ MEDEIROS
da Redação

O levantador Rodriguinho, da equipe masculina de vôlei do São Bernardo/Santander, atravessa um dos melhores momentos de sua carreira. Com 28 anos, o jogador soube esperar o momento certo para assumir a titularidade na equipe e se tornou, ao lado do ponta Willian, um dos destaques da Superliga 2008.

Nascido em Campinas, Rodriguinho veio para a capital ainda adolescente, já com o intuito de se tornar jogador profissional. Barrado nas duas primeiras peneiras que realizou pelo São Bernardo, o atleta contou com o apoio dos pais, ex-jogadores profissionais de voleibol, para alcançar seu objetivo. “Minha família sempre me incentivou muito e nunca me deixou desistir. Hoje, estou muito feliz por jogar aqui depois de muitos anos e realizar um sonho de infância”, disse.

Mesmo sem nunca ter sido convocado para a Seleção Brasileira, o levantador já jogou ao lado de jogadores consagrados na posição, como Maurício, Ricardinho e Marcelinho, campeões mundiais e olímpicos pelo Brasil.

Rodriguinho se sente honrado com tal feito e diz ter absorvido as melhores características de cada um. “No Maurício, admirava o seu toque perfeito na bola e a sua precisão. Quanto ao Ricardinho, gosto muito da sua coragem e procuro ter um pouco da sua ousadia. Do Marcelinho, procuro a cadência e me espelho nele para colocar as bolas de segurança”, ressaltou.

Quanto a uma futura convocação, o atleta do São Bernardo reconhece a dificuldade de defender a Seleção, mas não descarta a possibilidade de um dia chegar lá. “O Brasil sempre teve excelentes levantadores e é muito difícil chegar à Seleção Brasileira, mas todo jogador trabalha para isso”.

Para que isso aconteça, Rodriguinho espera manter a invencibilidade do São Bernardo/Santander no Terceiro Torneio da Superliga. Na próxima quinta-feira (21), o time do ABC encara o Cimed, também invicto no torneio, às 20h, em Santa Catarina. Ainda no sul, duela contra o Tigre/Unisul, segunda-feira (25), em Joinville, às 18h30.

Ações do documento

registrado em: