Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Política / 2015 / 09 / Lula lança memorial para lembrar da importância da democracia

Lula lança memorial para lembrar da importância da democracia

por larissa.pereira — última modificação 05/09/2015 16h22
Lançamento foi realizado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC; site é www.memorialdademocracia.com.br

Publicado em 02/09/2015 00h40

Última atualização em 05/09/2015 16h22

Lula lança memorial para lembrar da importância da democracia
Lula afirma que país está vivendo um momento de “irracionalidade emocional” - Foto: Larissa Pereira/RRO

LARISSA PEREIRA
NATÁLIA SCARABOTTO
Da Redação*

Não esquecer o passado para pensar no futuro, contemplar conquistas, contradições e retrocessos. Esses são alguns dos objetivos do site “Memorial da Democracia”, lançado nesta terça-feira (1º), no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Criado pelo Instituto Lula, o portal interativo retrata a história da democracia brasileira por meio de um acervo com mais de 700 vídeos e áudios, 2.000 fotos, 450 episódios e 19 extras. O link para acessá-lo é www.memorialdademocracia.com.br.

O site possui dois módulos. O primeiro abrange o período entre o golpe militar de 1964 e a eleição indireta, por meio do Congresso, de Tancredo Neves, em 1985. O segundo vai de 1985 até a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002.

No total serão lançados 11 módulos para contar a trajetória da democracia no Brasil. "O Memorial afirma que a conquista da democracia é obra do povo brasileiro. Por meio dos módulos vamos conhecer a origem da palavra 'liberdade'”, disse a professora e historiadora Heloísa Starling.

Em sua participação no lançamento do Memorial da Democracia, o ex-presidente  Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o país está vivendo um momento delicado de “irracionalidade emocional” em relação aos protestos contra o governo da presidente Dilma Rousseff que pedem o retorno da ditadura militar. O petista, porém, defendeu que haja panelaços e manifestações, e lembrou que o PT já fez o mesmo. “É um direito legitimo na democracia."

O ex-presidente lembrou que a democracia não está dada, são valores que precisam convencer as pessoas todos os dias e que algumas só dão importância quando a perdem. "A liberdade é tão extraordinária, tão importante. Temos noção de que não tem nada mais sagrado que a liberdade", declarou Lula.

A presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes), Carina Vitral, também esteve presente no evento e disse que contar a história da democracia é também contar a história da entidade estudantil. Segundo ela, o Memorial da Democracia vai contribuir para a juventude conseguir manter “acesa a chama da luta” pela democracia. “Nós [jovens] não vivemos essa época. Não vivemos essa luta, mas nós estudamos sobre isso e o memorial vai nos ajudar a compreender a nossa história”, afirmou.

Leia Mais:
Marinho ressalta importância da democracia em abertura do seminário internacional
Para Haddad as redes sociais não cumprem função social
‘Voltei a voar outra vez’, afirma Lula

*Esta reportagem foi produzida por estagiários da Redação Multimídia do curso de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo

Ações do documento

registrado em: ,