Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Saúde / 2011 / 08 / Pais devem se preocupar com alimentação das crianças na volta às aulas

Pais devem se preocupar com alimentação das crianças na volta às aulas

por natalia.alves — última modificação 03/08/2011 10h03
Lancheira deve priorizar alimentos ricos em nutrientes, vitaminas, minerais e fibras

Publicado em 03/08/2011 10h03

Última atualização em 03/08/2011 10h03

CAROLINE GARCIA
NATÁLIA ALVES
Da Redação*


O hábito de ter uma alimentação balanceada começa na infância. Por isso, é importante saber como montar uma lancheira saudável para as crianças no período da volta às aulas.

Segundo a nutricionista Sueli Longo, da Universidade Metodista, os pais devem ter muito cuidado com os produtos normalmente mais apreciados pelas crianças, como biscoitos recheados, refrigerantes e salgadinhos. “São alimentos com elevado teor de sal, açúcar e gordura e que devem ser ingeridos em menor quantidade e frequência. Já alimentos ricos em nutrientes, vitaminas, minerais e fibras devem ser ingeridos diariamente”, explica.

Pensando nisso, a gerente de vendas Sônia Maria Fabris de Almeida, que é mãe de um menino de 9 anos, monta a lancheira do filho diariamente e prioriza alimentos saudáveis. “Todos os dias ele leva uma fruta. Costumo colocar tomate, cenoura ralada com um pouquinho de sal e também sanduíche, com pão integral.”

Por outro lado, Sônia acredita que é importante colocar porções de doces na lancheira do filho. “Opto por um tabletinho de chocolate, com o cuidado de ser aquele que o pediatra recomenda, que tem 50% de cacau.”

Para a nutricionista, é importante que os pais tenham muito critério ao oferecer alimentos com alto teor de sal e açúcar. “Não é proibido, mas com moderação. A decisão de quando e quanto a criança irá consumir é de responsabilidade dos pais”, disse.

Sônia decidiu por escolher um dia na semana em que o filho pode comer “tranqueiras”. “De sexta-feira eu dou dinheiro para ele comprar um refrigerante e comer alguma coisa da cantina. Até porque ele vê outras crianças e fica com vontade. Mas, mesmo assim, também envio a fruta para o lanche.”

Lancheira saudável – De acordo com a especialista, o lanche na escola tem de ser encarado como uma refeição intermediária. “Ele está entre as refeições principais, ou seja, para quem estuda no horário matutino ele completa o café da manhã, e para quem estuda no vespertino ele assume o papel de café da tarde.”

Também não é necessário que o lanche seja volumoso. “As opções são sucos de fruta, bebidas a base de soja, iogurte, frutas, biscoitos simples e pão. O detalhe importante é buscar opções saudáveis.”

*Esta reportagem foi produzida por alunos do curso de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo

Ações do documento

registrado em: