Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Saúde / 2017 / Campanha de vacinação contra 18 doenças começa nesta segunda-feira

Campanha de vacinação contra 18 doenças começa nesta segunda-feira

por thalita.ribeiro última modificação 12/09/2017 15h55
Ministério da Saúde pretende imunizar crianças e adolescentes de até 15 anos

Publicado em 11/09/2017 11h15

Última atualização em 12/09/2017 15h55

Campanha de vacinação contra 18 doenças começa nesta segunda-feira
Campanha de vacinação terá atendimento especial no sábado (16) - Foto: Paula Maiquez/RROnline

ARIEL CORREIA
Da Redação*

A Campanha Nacional de Multivacinação começa nesta segunda-feira (11) e pretende  imunizar crianças e adolescentes de até 15 anos contra 18 doenças. Vacinas de 17 tipos, incluindo as que foram tornadas obrigatórias em 2016, pelo Ministério da Saúde, estarão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de cada cidade, de segunda a sexta-feira, no horário de funcionamento do posto. A campanha vai até o dia 22 de setembro.

As vacinas que serão aplicadas são a BCG (que combate a tuberculose miliar e a neurotuberculose), a rotavírus (contra a paralisia infantil), a pentavalente (que é contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e haemophilus influenza tipo b), a pneumocócica conjugada 10-valente, a meningocócica conjugada C, além de vacinas contra febre amarela, hepatite A e HPV, esta última que protege contra o câncer de colo de útero, verrugas genitais, orofaringe, câncer anal e do pênis.

A ação tem também o objetivo de completar as doses de vacinação para quem não fez a imunização completa e de auxiliar aos que não conseguiram tomar as vacinas no tempo correto. Para receber o atendimento, o munícipe deve se dirigir até a UBS mais próxima de sua residência e levar a carteirinha de vacinação e um documento de identificação.

No próximo sábado (16), será o dia D da campanha, quando as unidades ficarão abertas das 8h às 17h apenas para aplicar as doses das vacinas. A Secretaria de Saúde de São Paulo recomenda que os pais levem as crianças no posto onde elas já tomaram vacina anteriormente, pois há um controle das doses que já foram tomadas.

Leia mais: Vacina de HPV é disponibilizada para jovens de 9 a 14 anos no ABC

*Esta reportagem foi produzida por estagiários da Redação Multimídia da Universidade Metodista de São Paulo

 

 

 

 

Ações do documento

registrado em: , ,