Você está aqui: RROnline Notícias Saúde Pasta 5 Faculdade de Medicina atende maioria dos casos no ABC

Faculdade de Medicina atende maioria dos casos no ABC

As consultas são feitas nos ambulatórios de especialidades no campus da faculdade, no Hospital Estadual Mário Covas, de Santo André, e no Hospital de Ensino Padre Anchieta, de São Bernardo.

Publicado em 23/10/2007 16:11
Última atualização às 16:11

Contraste | A A+ A++

Gabriela Araújo e Danielle Soler

A disciplina de Hematologia e Oncologia da Faculdade de Medicina da Fundação do ABC (FMABC) é hoje responsável por grande parte do atendimento de pacientes com câncer na rede pública da região.

As consultas são feitas nos ambulatórios de especialidades no campus da faculdade, no Hospital Estadual Mário Covas, de Santo André, e no Hospital de Ensino Padre Anchieta, de São Bernardo, onde está instalado o CACON – Centro de Alta Complexidade em Oncologia.

“Graças aos bons profissionais e a todos os recursos, pude me prevenir contra um câncer que podia ter me matado", conta uma paciente, que prefere não se identificar.

A dona-de-casa, que mora em Santo André, faz parte dos altos índices de casos de lesões de colo uterino registrados na cidade.  Segundo o banco de dados da Secretaria Municipal de Saúde, são 190 mulheres em tratamento pelo SUS (Sistema único de Saúde), sendo apenas um caso de Câncer de Colo Uterino registrado este ano.

“Tenho mais de 20 anos de casada e nunca havia feito um exame, como dizem os médicos, preventivo. Uma vez fui ao hospital Mário Covas e logo fui  encaminhada a um ginecologista que me alertou sobre o meu estado. Quase desenvolvi um câncer de colo de útero porque era portadora do vírus HPV durante anos e não sabia", explica.

A Ginecologista Fátima Regina Aversari, que atende na grande São Paulo, reitera que a prevenção é melhor medida no combate ao câncer ginecológico. “Temos um excelente programa de tratamento a doenças que possam desencadear o câncer ginecológico aqui na região do ABC. O CACON, por exemplo, possibilita aos paciente o contato com os mais modernos aparelhos oferecendo tratamento de alta qualidade para a população”,  afirma a especialista. Segundo Fátima, o ABC  possui menos casos de câncer de colo uterino do que a média  nacional, que é de 20 mil mulheres por ano.

Com a orientação do professor titular de Hematologia e Oncologia, Dr. Auro Del Giglio, a  Faculdade de Medicina realiza mais de mil consultas de todos os tipo de câncer por mês e cerca de 220 atendimentos ambulatoriais só em oncologia, além de 30 sessões de quimioterapia. No Mário Covas são realizadas 640 consultas e 600 quimioterapias, e no CACON, aproximadamente 350 pacientes são tratados mensalmente.

  • Faculdade de Medicina do ABC
    Avenida Lauro Gopmes, 2000
    Bairro Vila Sacadura Cabral, Santo André
    Telefone: 4993-5400
  • Hospital Estadual  Mário Covas
    Rua Henrique Calderazzo, 321
    Santo André
    Telefone: 6829-5000
  • Hospital de Ensino Padre Anchieta
    Rua Silva Jardim 470
    Centro, São Barnardo do Campo
    Telefone: 4345-4011
Ações do documento
registrado em: