Você está aqui: RROnline Notícias Saúde Pasta 5 Tubarão-lixa na lista dos ameaçados de extinção

Tubarão-lixa na lista dos ameaçados de extinção

Pesquisa aponta que 41% dos oceanos já foram afetados pela ação do homem.

Publicado em 28/07/2010 09:03
Última atualização às 09:03

Contraste | A A+ A++

SIMONE DUARTE
do Rudge Ramos Jornal

Um mapa feito por cientistas americanos e divulgado pela revista científica Science, neste mês, mostrou que 41% dos oceanos já foram afetados pela ação humana.

Outra da influência direta dos homens é caça e pesca. Por ter um temperamento calmo e tranqüilo, os tubarões-lixa acabam sendo vítimas dos pescadores. Os animais se encontram entre as espécies marinhas que estão ameaçadas de extinção. “O tubarão-lixa é um animal de comportamento mais pacífico e noturno, eles acompanham os navios dos pescadores, que acabam fazendo a matança”, explicou a bióloga Gabriela Carvalho.

A espécie está classificada como de alto risco de desaparecimento na natureza em um futuro próximo, sendo proibida a sua captura, exceto para fins científicos. Apesar de ser um dos tubarões mais populares do mundo, eles são muito utilizados pela ciência, por se adaptarem muito bem em cativeiro.

Segundo o engenheiro ambiental, Felipe Domingos, os tubarões-lixa passam a maior parte do tempo no fundo dos oceanos e se alimentam de camarão, lula, polvo e lagosta. E Podem ser encontrados em todo o litoral brasileiro.

“Os tubarões estão mais ameaçados por causa da comercialização da carne. Muitas vezes a gente come cação, mas, na verdade, pode ser um tubarão-lixa”, contou Domingos.

Ações do documento