Você está aqui: Página Inicial / Rudge Ramos Jornal / 2010 / ED 951 / Prefeitura abre edital para terceirizar Cidade da Criança

Prefeitura abre edital para terceirizar Cidade da Criança

por caroline.garcia — última modificação 01/10/2010 09h17
Uma das exigências da licitação é a instalação de cinco novos brinquedos

Publicado em 01/10/2010 08h25

Última atualização em 01/10/2010 09h17

Prefeitura abre edital para terceirizar Cidade da Criança
Após cinco anos fechado para reforma, parque foi reaberto neste ano e agora terá administração terceirizada - Foto: Arquivo/RRJ

CAROLINE GARCIA
do Rudge Ramos Jornal

A prefeitura de São Bernardo abriu licitação para passar a administração da Cidade da Criança à iniciativa privada. O processo de terceirização começou na sexta-feira (17), com a publicação do edital no órgão oficial do município. O ganhador será conhecido no dia 8 de outubro.

De acordo com o documento, o novo proprietário terá que cumprir algumas normas, como a instalação de, no mínimo, cinco novos brinquedos e a reforma, exploração e manutenção de oito já existentes. Além disso, será responsável por reinstalar dez das 35 atrações que fizeram parte do histórico da Cidade da Criança desde 1968, como Barco Vicking, Xícara Maluca, Bate-Bate, Roda Gigante e a reforma do Planetário.

A empresa vencedora está autorizada ainda a cobrar R$ 3 pelo uso de cada brinquedo, exceto o Planetário, Avião DC-3, Simulador e Submarino, que poderão custar até R$ 5. Atualmente, são cobrados R$ 2 em brinquedos como o teleférico e a mina Eldorado. A entrada no local continuará gratuita.

Por meio de nota, a prefeitura de São Bernardo disse que iria se manifestar somente após a conclusão do edital. “O chamamento tem como objeto a recuperação da identidade da Cidade da Criança que, desde o final dos anos 1960, quando foi inaugurada, está associada a um parque temático repleto de brinquedos e atrações, assim também incentivando o turismo no município. Como o processo ainda encontra-se na fase de edital, a prefeitura só irá se pronunciar após a conclusão do mesmo”, explicou a administração.

A Cidade da Criança foi reinaugurada em janeiro deste ano após permanecer fechada para reformas desde 2005. A intenção da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo é que o processo de terceirização seja finalizado até o final do ano.

Ações do documento

registrado em: ,