Você está aqui: Página Inicial / Rudge Ramos Jornal / Imóvel do século 19 abriga exposições de arte

Imóvel do século 19 abriga exposições de arte

por amanda.fraga — última modificação 12/03/2015 08h22
Prédio em São Bernardo é patrimônio histórico e foi construído em 1890

Publicado em 12/03/2015 08h15

Última atualização em 12/03/2015 08h22

Imóvel do século 19 abriga exposições de arte
Espaço foi usado como gabinete para os primeiros prefeitos, além de ter sido a sede da antiga Câmara dos Vereadores do município - Foto: Gabrielli Salviano/RRJ


FERNANDA CORDEIRO
GABRIELLI SALVIANO
GIRRANA RODRIGUES
Para o Rudge Ramos Jornal*

A rua Marechal Deodoro, em São Bernardo, é referência para comércio popular, mas também é um destino cultural. No número 1.325 se encontra a Câmara de Cultura Antonino Assumpção. O prédio é patrimônio histórico desde 1985 e foi construído em 1890.

Logo após a inauguração, o imóvel foi destinado à política. Foi o gabinete dos primeiros prefeitos da cidade, além de ter sido a Câmara Municipal. Segundo o chefe da Seção de Pesquisa e Documentação, Jorge Magyar, o local se tornou propriedade do município a partir de 1893. “Lá é o lugar em que antigamente se reuniam os vereadores de toda a região. O imóvel foi usado para substituir a antiga Câmara, que ficava na Praça Lauro Gomes.”

Hoje em dia, a casa abriga exposições artísticas. Atualmente, expõe a mostra do artista Maurício Villaça, que vai até o dia 26 de março, e também de fotos antigas do bairro Jardim Silvina, disponível até o fim do mês.

Magyar explica que o município não irá fazer exposições de memórias de todos os bairros porque não há material suficiente. “O trabalho de pesquisa é constante, mas os moradores podem contribuir enviando documentos e imagens.”

O auxiliar de produção Marcos Henrique Siqueira, 51, é morador de Santo André, mas ocasionalmente passa pela Marechal Deodoro e visita o local. “Tenho curiosidade para ver como se deu a formação do município. Como era e como está hoje.”

As principais formas de divulgação usadas pela Câmara de Cultura no momento são o Guia Cultural da cidade e o site da prefeitura. Os funcionários também colocam cavaletes na porta para chamar atenção de quem passa. Porém, a média de público por ano é de apenas 3.500 pessoas.

Pedestres abordados pela reportagem afirmam que não conheciam o local. Um deles, o demolidor Irineu Costa, 33, afirmou que costuma passar pela rua frequentemente para fazer compras, mas nunca entrou na Câmara por não considerá-la voltada para seu perfil. “Mas acho que é importante ter espaços assim para a população”, disse.

A próxima atração do espaço será o “Bazart de Praxe”, um evento voltado para jovens, no dia 28 de março, com a presença de designers da região que venderão roupas e acessórios. Além disso, terá também um espaço de alimentação “foodtruck”. Para abril, está prevista uma exposição do músico e artista visual Kiko Dinucci.

Serviço
A Câmara de Cultura Antonino Assumpção fica na rua Marechal Deodoro, 1.325, no Centro. O horário de funcionamento é nas segundas, das 8h às 17h, e de terça a sexta, das 8h às 21h. Aos sábados, fica aberta das 9h às 17h. A entrada é gratuita.

*Esta reportagem foi produzida por estagiários da Redação Multimídia da Universidade Metodista de São Paulo

Ações do documento

registrado em: