Você está aqui: RROnline Rudge Ramos Jornal Pasta 3 Benefícios da hidroginástica

Benefícios da hidroginástica

por rroeditor — última modificação 29/05/2009 11:20
Por não haver contra-indicações, a hidro é uma atividade recomendada principalmente para gestantes e idosos.

Publicado em 29/05/2009 11:20
Última atualização às 11:20

Contraste | A A+ A++
Benefícios da hidroginástica

A maioria dos alunos da academia Square é da terceira idade; a atividade previne doenças como osteoporose e atrofia muscular - Foto: Denise Moraes/RRJ

DENISE MORAES
do Rudge Ramos Jornal

A hidroginástica está se tornando uma alternativa cada vez mais usada para alcançar a boa forma e melhorar a saúde. Por ser feita na água, a atividade praticamente elimina os impactos dos músculos e das articulações, já que o peso do corpo é reduzido quase pela metade.

Por não haver contra-indicações, a hidro é uma atividade recomendada principalmente para gestantes e idosos. Fortalece e tonifica a musculatura, protege e melhora a flexibilidade das articulações, previne dores lombares e cervicais e aumenta a circulação sanguínea e a resistência do sistema cardiorrespiratório.

Essa terapia também melhora a disposição no trabalho, aumenta a auto-estima, ajuda no equilíbrio, na flexibilidade, na agilidade, no ritmo, combate o estresse e promove diversas outras melhorias.

Lourdes Povoa, a professora Nena, como é chamada pelos alunos da academia Square, de São Bernardo, vê evolução das pessoas durante os 10 anos em que dá aulas de hidroginástica. Até na saúde mental. “A hidroginástica auxilia no combate da depressão. Muitas pessoas até param de tomar medicamentos após praticá-la.”

A hidroginástica é um dos exercícios mais recomendados para as gestantes. Nessa situação, a futura mãe pode praticar uma atividade sem afetar a região lombar, prejudicada pelo peso da barriga, que é reduzido no contato com a água.

A hidroginástica também diminui o inchaço das pernas e dos pés e ajuda na correção da postura. Normalmente, os médicos liberam a atividade a partir da 12ª semana de gravidez, por volta do terceiro mês.

As gestantes devem sempre controlar o ritmo cardíaco a no máximo 140 batimentos por minuto, pois na medida em que fazem os exercícios a temperatura e a pressão aumentam. Se esses dois indicadores subirem muito, o bebê vai ficar muito quente e a pressão dele vai praticamente dobrar, o que é muito prejudicial para ele. 

A terceira idade é outra fase da vida que pode se beneficiar da hidroginástica. Doenças como atrofia muscular, osteoporose, perda da elasticidade muscular e diminuição da capacidade de coordenação motora são comuns. Ao praticar a atividade, esses e outros problemas podem ser retardados ou até aliviados.

Professora Nena comentou inclusive a evolução de alguns alunos da terceira idade após um período de hidro. “Há casos em que eles chegam sem conseguir levantar uma perna. No final de um período eles já estão conseguindo andar. Isso cria condições para uma maior independência.”

Francisco Antonio de Souza, 61, aposentado e morador do Taboão, começou a praticar hidroginástica há 10 anos, pois sofria com dores. Hoje, ele sente as melhoras que a atividade trouxe para ele. “A perna e a coluna não doem muito, os braços doem muito pouco. A hidro só vai me ajudar no dia a dia.”

Para as pessoas em geral, o gasto calórico é de cerca de 260 calorias para uma aula de 50 minutos. Mas esse número pode variar de acordo com o peso do aluno e a intensidade da aula.
O ideal é que a atividade seja praticada três vezes por semana e com a água em até 31 graus.

Ações do documento
registrado em: ,