Trabalhadores por aplicativos: um estudo jurisprudencial sobre a regulamentação desse novo ramo de trabalho

Ana Flávia Lindenberg Dabien

Resumo


Resumo: O presente trabalho visa discutir acerca dos entendimentos divergentes dos Tribunais do Trabalho, bem como de doutrinadores, a respeito da existência, ou não, de subordinação jurídica na relação de trabalho existente entre os motoristas de aplicativo com a empresa Uber. Ademais, por ser um tema novo e ainda não consolidado em nossa legislação, esse trabalho pretende gerar uma reflexão pessoal acerca do reconhecimento do vínculo trabalhista nesses casos de modernização da forma de trabalho, por aplicativos, advindos da 4ª Revolução Industrial.

Palavras-chave


Modernização; Vínculo trabalhista; 4ª Revolução Industrial; Autonomia; Controle

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.