A articulação dos saberes docentes em processos de formação continuada: o contexto do PNAIC.

Tatiana Andrade Fernandes de Lucca, Andréia Osti, Elvira Cristina Martins Tassoni

Resumo


Este trabalho discute como os professores participantes de um processo de formação continuada, o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC – articularam seus saberes docentes aos conhecimentos propostos nessa formação. Para isso, caracteriza-se o programa PNAIC 2013, bem como discute-se a definição de saberes docentes e a sua articulação no desenvolvimento profissional docente. Desse modo, a pesquisa, de cunho qualitativo, foi realizada com dez professoras alfabetizadoras que participaram do PNAIC em 2013, por meio de uma entrevista semiestruturada, na qual comentaram sobre as contribuições e limitações do programa e indicaram de que modo a mobilização dos seus saberes implicou na análise da formação. Assim, no decorrer da entrevista, as professoras relacionaram o vivenciado no curso às suas experiências profissionais e às suas necessidades formativas. O tempo de magistério foi um aspecto importante na mobilização dos saberes docentes, bem como no parecer sobre a formação. Ressalta-se que as participantes pontuam elementos positivos e negativos sobre o programa, assim como oferecem indícios da necessidade de os processos formativos considerarem as suas experiências e necessidades.

Palavras-chave


Formação de professores; Alfabetização; Experiência profissional; Docência; Desenvolvimento Profissional.

Texto completo:

PDF-A


DOI: https://doi.org/10.15601/f@d.v13i2.2337

Apontamentos

  • Não há apontamentos.