APRENDIZAGEM DA DOCÊNCIA UNIVERSITÁRIA POR HOMOLOGIA: TECENDO CAMINHOS FORMATIVOS PELO ESTÁGIO EM DOCÊNCIA

Lécia Carneiro de Oliveira, Fabrício Oliveira da Silva

Resumo


O trabalho tem por objeto a aprendizagem da docência universitária por homologia, que significa aprender com a prática e experiência do outro. O objetivo visou compreender como os estudantes constroem os saberes docentes através do processo de homologia, mediante as relações estabelecidas entre professores universitários e alunos da pós-graduação. Parte-se do pressuposto de que a docência para o Ensino Superior não diz respeito apenas a uma questão de domínio e transmissão de conteúdos. A aprendizagem da prática pedagógica, portanto, constroem-se a partir das relações estabelecidas por professores e estudantes. Nesse cenário, a docência universitária se consolida, também, por um processo formativo ancorado em bases da formação oriundas da Pós-Graduação stricto sensu. O estudo ancora-se nas contribuições de Freitas (2016), Pimenta e Lima (2008); Silva (2017); Silva e Alves (2020); Tardif (2002), entre outros. O trajeto metodológico baseou-se nos princípios da pesquisa qualitativa, utilizando-se como dispositivo de recolha de informações, as entrevistas narrativas. Como resultado, a pesquisa revelou que os pós-graduandos aprendem a docência universitária por homologia, através das práticas docentes e relações estabelecidas com professores supervisores. Assim, conclui-se que, a pós-graduação também se torna imprescindível para a autonomia estudantil, característica fundamental para o amadurecimento das aprendizagens para o exercício da docência universitária.


Palavras-chave


Docência Universitária. Homologia. Ensino e Aprendizagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15601/f@d.v15i1.2390

Apontamentos

  • Não há apontamentos.