A deliberação nos media: apontamentos conceituais

Maia Rousiley C. M.

Resumo


Este artigo tem por objetivo conceituar a deliberação no próprio ambiente da comunicação de massa. Assumo como premissa que o “intercambio de razões em público”, através de uma rede de opiniões publicadas, constitui um fenômeno com características próprias, que merece ser investigado independentemente dos “efeitos” que as mensagens possam causar na audiência. Partindo do quadro teórico deliberacionista e dos estudos de mídia, busco explorar as características essenciais da chamada “deliberação mediada”, a partir dos seguintes indicadores: (a) acessibilidade e caracterização dos participantes; (b) uso de argumentos; (c) reciprocidade e responsividade; (d) reflexividade e reversibilidade de opiniões.


Palavras-chave


Media – Democracia deliberativa – Jornalismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2175-7755/cs.v30n50p81-101

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.