A arte da Ironia e o Novo Testamento

Antonio Carlos Soares Santos

Resumo


A Ironia muitas vezes utiliza-se do eufemismo e exagero para transmitir a mensagem. É possível a Bíblia se utilizar de um recurso tão informal? Imaginar um texto dito sagrado com composições irônicas, para alguns, é inimaginável. Porém, Um dos grandes avanços na crítica literária bíblica tem sido a descoberta do uso generalizado de recursos, entre esses a ironia, como estratégia comunicativa. Douglas Colin Muecke é o referencial teórico para que possamos analisar dois textos do Novo Testamento através de seus conceitos sobre o uso da Ironia como recurso literário. 


Palavras-chave


Literatura, ironia e cristianismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-3828/caminhando.v22n2p61-67

Direitos autorais 2017 Caminhando (online)

Qualis B1

2176-3828 [ISSN da edição eletrônica]

1518-7019 [ISSN da edição impressa]

10.15603 [DOI (Document Object Identifier)]

E-mail: periodico.caminhando@gmail.com

This periodical is indexed in the ATLA Religion Database® (ATLA RDB®), www: http://www.atla.comSumários.org; Portal de periódicos da CAPES; DOAJ Content Directory of Open Access Journals; Latinindex.

 

       

           

 Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. href="https://redib.org/Record/oai_revista5650-caminhando">