Elementos filosófico-religiosos em torno da compreensão de liberdade em Melanchthon a partir da literatura secundária recente

Eduardo Gross

Resumo


Melanchthon, na Universidade de Wittenberg, era professor da Faculdade de Artes, e, assim, de filosofia. A sua filosofia teológica assumiu elementos do pensamento antigo e escolástico: Um pano de fundo platônico, uma psicologia aristotélica e uma retórica ciceroniana foram alguns dos elementos que caracterizaram a sua elaboração filosófica eclética importantes para se compreender sua reflexão sobre a liberdade. O artigo apresenta algumas controvérsias e os principais resultados das pesquisas dos últimos anos relativas a sua reflexão filosófica sobre o âmbito da religião e a liberdade humana.


Palavras-chave


Melanchthon, liberdade, ecletismo, renascimento, humanismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1078/er.v34n2p71-100

 

            

       

        AE GLOBAL INDEX  SUMÁRIOS.ORG

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.