A cultura iorubá e a sua influência na construção das religiões de matriz africana no Brasil

Sérgio Douets Vasconcelos, Claudia Rocha Lima

Resumo


Este artigo apresenta alguns elementos da cultura iorubá, para possibilitar o entendimento dos complexos e imbricados elementos que serviram como base à diversidade das religiões de matriz africana iorubá, no Brasil, conhecidas como: Candomblé, Xangô Pernambucano, Xambá, Batuque, Tambor de Mina e Omolocô. A ressignificação de variadas práticas religiosas, políticas e sociais, advindas do Antigo Império Iorubá, processo já iniciado no próprio continente africano, foi a matriz de um rico e diversificado processo de ressignificações ocorrido no Brasil, a partir do contexto da escravidão, que deu origem a grande parte da diversidade religiosa brasileira, nas chamadas religiões de matriz africana no Brasil. A cidade de Abeokuta, na Nigéria, foi parte da observação in loco da pesquisadora.


Palavras-chave


Abeokuta; Matriz africana; Xangô; Cultura iorubá

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1078/er.v29n2p179-193

 

            

       

        AE GLOBAL INDEX  SUMÁRIOS.ORG

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.