A fanática missão civilizadora de um religioso na Angola rural do século XVII (A Gloriosa Família, de Pepetela)

Denise Rocha

Resumo


O objetivo do artigo é mostrar a intempestiva chegada do padre Tavares para acabar com o sincretismo religioso na propriedade rural de Baltazar Van Dum, protagonista de A Gloriosa Família, de Pepetela, que aborda a dominação de Luanda pelos holandeses (1641-1648), em confronto com os portugueses por causa do comércio de escravos destinados as lavouras brasileiras de cana-de-açúcar. A análise da investida furiosa do religioso será baseada nas reflexões de Obiechina, Opuku, Cuche e Cavazzi, com ênfase nos conceitos de contato cultural, sincretismo religioso e metaficção historiográfica (Hutcheon).


Palavras-chave


Literatura angolana; Pepetela; sincretismo religioso; metaficção historiográfica.

Texto completo:

PDF

Referências


ABBAGNANO, Nicola. Religião. In: ______. Dicionário de Filosofia. Trad. da 1. ed. sob coord. de Alfredo Bosi. Revisão e trad. dos novos textos por Ivone C. Benedetti. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2012. p. 997.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Trad. de Fernando Tomaz. 16. ed. Rio de Janeiro: Bertrand, 2012. cap. 1- Sobre o poder simbólico, p. 7-15.

CAVAZZI DE MONTECÚCOLLO, Pe. Giovani Antonio. Descrição histórica dos três reinos do Congo, Matamba e Angola. Trad., notas e índices do Pe. Graciano Maria de Leguzano. Lisboa: Junta de Investigações do Ultramar, 1965. v. 1.

CUCHE, Denys, A noção de cultura nas ciências sociais. Trad. de Viviane Ribeiro. 2. ed., Bauru, SP: EDUSC, 2002.

GUERRA, Flávio. Duas ou três coisas que eu vi em Angola. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 22 jan. 2001. Caderno Cultural, p. D 10.

GREGÓRIO, Sérgio Biasi. Sincretismo. In: ______. Dicionário de Filosofia. Disponível em:< https://sites.google.com/site/sbgdicionariodefilosofia/sincretismo>. Acesso em: 13 mai. 2016.

HUTCHEON, Linda. Poética do Pós-Modernismo: história, teoria, ficção. Tradução de Ricardo Cruz. Rio de Janeiro: Imago, 1991.

JOHNSON, Allan G. Contato cultural. In: ______. Dicionário de Sociologia: Guia Prático da Linguagem Sociológica. Trad. de Ruy Jungmann. Consultoria de Renato Lessa. Rio de Janeiro: Zahar, 1997. p. 52.

LEITE, Ana Mafalda. Testemunhos orais da história: A gloriosa família e A lenda dos homens do vento. In: ______. Oralidades e escritas pós-coloniais: estudos sobre literaturas africanas. Rio de Janeiro: EDUERJ, 2012. p. 233-251.

OLIVEIRA, Ingrid S. Semelhanças e diferenças na escrita da história da África Centro-Ocidental no século XVII: os casos de Cadornega e Cavazzi. Cad. Pesq. Cdhis, Uberlândia, v. 23, n. 2, p. 417-435, 2010.

OPUKU, Kofi A. A religião na África durante a época colonial. In: BOAHEN, Albert A. (Ed.). História Geral da África. 2. ed. rev. Brasília: UNESCO, 2010. v. VII, cap. 20, p. 591-624.

PEPETELA. A Gloriosa Família: O tempo dos flamengos. 2. reimp. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1999.

SOUZA, Marina de Mello. Evangelização e poder na região do Congo e Angola: a incorporação dos crucifixos por alguns chefes centro-africanos, séculos XVI e XVII. Disponível em: < http://cvc.instituto-camoes.pt/eaar/coloquio/comunicacoes/marina_mello_souza.pdf >. Acesso em: 13 mai. 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1078/er.v32n2p191-211

 

           

 

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.