Caminhar com fé: estudo sócio-antropológico de uma peregrinação ao Santuário de Fátima, Portugal

Donizete Rodrigues

Resumo


A peregrinação, devido à sua enorme importância cultural-religiosa, tornou-se, nos últimos anos, uma das principais áreas de pesquisa, de caráter interdisciplinar, no campo de estudos da religião. O presente trabalho está dividido em duas partes principais. A primeira é feita uma discussão teórica e conceptual sobre peregrinação, no contexto cristão-católico, apoiada, principalmente, em sociólogos e antropólogos, clássicos e modernos, como Durkheim, Van Gennep, Turner, Geertz, Bauman, Hérvieu-Léger. Na segunda, empírica, o objectivo é descrever e analisar a experiência vivida por um grupo de peregrinos-caminhantes da vila do Soito (Sabugal) ao Santuário de Fátima, Portugal. No trabalho de campo, desenvolvido em maio de 2016, privilegiou-se o método antropológico da observação-participante, que favoreceu a necessária inserção do etnógrafo no grupo, como ‘insider-believer’.


Palavras-chave


Antropologia da religião; etnografia; peregrinação; Fátima; Portugal

Texto completo:

PDF

Referências


BAJC, V.; COLEMAN, S.; EADE, J. Mobility and centring in pilgrimage. Mobilities, vol. 2, nº 3, p. 321-329, 2007.

BAUMAN, Z. From Pilgrim to Tourist - or a short history of identity. In: HALL, S. & GAY, P. du (Eds). Questions of Culture Identity, p. 18-36. London: Sage, 2011.

CARDITA, A. Peregrinação: possibilidades de compreensão crítica de uma experiência. Sociologia - Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, vol. XXIV, p. 195-213, 2012.

DURKHEIM, É. As Formas Elementares da Vida Religiosa. São Paulo, SP: Martins Fontes, 1996.

EADE, J. & SALLNOW, M. (Org). Contesting the Sacred: the anthropology of christian pilgrimage. New York: Routledge, 1991.

ELIADE, M. The Myth of Eternal Return: Cosmos and History. Princeton, NJ: Princeton University Press, 1954.

FELDMAN, J. Key Figure of Mobility: the pilgrim. Social Anthropology, v. 25, p. 69-82, 2017.

FORTUNA, C. & FERREIRA, C. Estradas e Santuários: percurso sócio-religioso e motivações dos peregrinos-caminhantes a Fátima. Revista Crítica de Ciências Sociais, nº 36, p. 55-79, 1993.

GEERTZ, C. Local Knowledge: further essay in interpretative anthropology. New York: Basics Books, 1983.

GENNEP, A. V. The Rites of Passage. Londres: Routledge, 1960.

HERVIEU-LÉGER, D. Le Pèlerin et le Converti: la religion en mouvement. Paris: Flamarion, 1999.

LOPES, P. Le Pèlerinage à Fátima: une expression mystique du sacré populaire. Social Compass, v. 36, nº 2, p. 187-199, 1989.

MESLIN, M. Fundamentos de Antropologia Religiosa: a experiência humana do divino. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2014.

MIEIRO, D. M. M. Ecclesia in Strata: a peregrinação de Egéria como itinerário espiritual. 2013. Dissertação (Mestrado em Teologia) - Universidade Católica Portuguesa. Lisboa

MÓNICO, L.; MACHADO, J. B.; ALFERES, V. R. Peregrinações ao Santuário de Fátima: considerações em torno da dimensão ritualística da religiosidade. Horizonte, vol. 16, nº 49, p. 194-222, 2018.

MONTEFIORE, S. S. Jerusalem: the biography. New York: Vintage Books, 2011.

OLAVESON, T. Collective Effervescence and Communitas: processual models of ritual and society in Emile Durkheim and Victor Turner. Dialectical Anthropology, v. 26, p. 89-124, 2001.

PEREIRA, P. Peregrinos: um estudo antropológico das peregrinações a pé a Fátima. Lisboa: Instituto Piaget, 2003.

RODRIGUES, D. Sociologia da Religião: uma introdução. Porto: Edições Afrontamento, 2007.

RODRIGUES, D. O que é Religião? A visão das ciências sociais. São Paulo: Editora Santuário, 2013.

SANCHIS, P. Peregrinação e Romaria: um lugar para o turismo religioso. Ciencias Sociales y Religión, v. 8, n. 8, p. 85-97, 2006.

SOUSA, J. C. Fátima e o Catolicismo Português. 2015. Dissertação (Mestrado em Estudos da Religião) - Universidade Católica Portuguesa. Lisboa.

STODDARD, R. & MORINIS, A. (Eds.) Sacred Places, Sacred Spaces: the geography of pilgrimages. Baton Rouge: Louisiana State University Press, 1997.

TURNER, V. & TURNER, E. Image and Pilgrimage in Christian Culture: anthropological perspectives. New York: Columbia University Press, 1978.

VILAÇA, H. Pilgrims and Pilgrimages: Fatima, Santiago de Compostela and Taizé. Nordic Journal of Religion and Society, v. 23, nº 2, p. 137-155, 2010.




DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1078/er.v33n2p181-196

 

            

       

        AE GLOBAL INDEX  SUMÁRIOS.ORG

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.