Políticas Editoriais

Políticas de Seção

Apresentação

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Relações de religião e gênero no contexto da pandemia: desafios e sensibilidades de uma conjuntura complexa

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê: Relações de religião e gênero no contexto da pandemia: desafios e sensibilidades de uma conjuntura complexa

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê - Gênero Religião e Direitos Humanos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê: Zeca, 75 anos de paixão e luta

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Editorial

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Insira aqui a política desta seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê - Educação, Culltura e Religião

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Comunicações e reflexões

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Poesias

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

II Bíblia e Teologia

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Entrevista

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Introdução

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

I. SOCIEDADE, ÉTICA E HISTÓRIA

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

III EXPERIÊNCIAS

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

IV. DOCUMENTAÇÃO

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

V ESPIRITUALIDADE

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Sobre os autores

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê: Identidades e Violências de Gênero, Religião e Sexualidade

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê: Gênero, Religião e Laicidades

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossie: Feminismo Descolonial e Religião: debates e aproximações do campo religioso

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relatórios

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê: Religião e política. As mulheres encurraladas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Comemorativo dos 27 Anos da Revista Mandrágora

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

DOSSIÊ - Instituições religiosas, direitos e diversidade sexual: invenções da relação na contemporaneidade

Editores
  • Maria Zelia de Sá
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Seção 1: Teorias das ciências da religião e políticas de sexo e gênero

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Seção 2: Ventos de mudança nos tradicionalismos?

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Seção 3: A institucionalização de um campo dissidente nos cristianismos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Outros temas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A Revista conta com a colaboração de avaliadores externos alheios à sua equipe editorial e à instituição editora.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Normas para publicação

Revista Mandrágora

 

Para o envio de contribuições à revista é necessário que as/os autores/as se cadastrem na página da revista antes de submeter um artigo. Após o cadastro, seguir as instruções contidas no item "iniciar nova submissão". Caso já tenha se cadastrado ou já tenha publicado anteriormente na revista, basta acessar o sistema e clicar em "Iniciar Nova Submissão" e seguir os cinco passos do processo de submissão.

 

Normas para publicação:

 

O texto poderá ter entre 12 e 20 páginas (digitadas com entrelinha 1 fonte Times New Roman, corpo 12, margem 2,5 cm), incluindo as referências bibliográficas. Os artigos deverão ser inéditos e não estar, no momento, sendo objeto de apreciação por quaisquer outros meios de publicação impressa ou eletrônica. A página de rosto deverá conter título do artigo, nome da autora ou autor, um resumo (no máximo 120 palavras) e três a cinco palavras-chaves. Deve conter também o título, resumo e palavras-chave em inglês e em espanhol.

 

A fim de garantir o sigilo, para o caso de ser submetido para avaliação por pares, a identificação de autoria do trabalho deve ser removida do arquivo e da opção “Propriedades” no Word.  

 

Normas para citações, notas de rodapé e referências bibliográficas

Citações

Todas as citações devem ser claras, exatas, precisas e identificadas para facilitar ao leitor/a a localização da obra mencionada, caso deseje aprofundar-se nos estudos sobre o tema. Todas as fontes de ideias e trechos citados no trabalho devem ser referidas e constar das Referências Bibliográficas, ao final do trabalho. A referência à fonte deve seguir o seguinte padrão (AUTOR/A, Ano) ou (AUTOR/A, Ano, Página), indicando-se o prenome[*] e SOBRENOME, como nos exemplos: (Ivone GEBARA, 1991, p. 95); (Michel FOUCAULT, 1999, p.16).

 

As citações longas (com mais de três linhas) devem ser transcritas em bloco separado do texto, com recuo esquerdo de 4 cm a partir da margem, justificadas, com a mesma fonte do texto, em tamanho 11, espaçamento 1,5 e SEM ASPAS.

 

As citações curtas (até três linhas) devem ser transcritas no próprio texto, com o mesmo corpo e COM ASPAS.

 

Se houver citação de mais de um título do mesmo autor e no mesmo ano, deve-se acrescentar uma letra após a data, tal como no exemplo: (Ivone GEBARA, 1991b, p. 32). Isto deve aparecer tanto na citação quanto nas Referências Bibliográficas.

Citações em língua estrangeira devem ser traduzidas e o original deve constar em nota de rodapé.

 

Notas de Rodapé

As notas de rodapé devem estar em corpo 10. Evitar excesso de notas de rodapé para não desviar o leitor do texto principal. A numeração no corpo do texto (remissiva) deve aparecer antes da pontuação.

 

Referências bibliográficas

As referências bibliográficas completas, quando houver, devem ser colocadas no final do texto e obedecer à norma NBR 6023 da ABNT, 2002. Constam das referências apenas as obras mencionadas no texto. Seguem alguns exemplos:

 

Livro:

SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome. Título da obra: subtítulo. Número da edição se não for a primeira. Local de publicação: editora, data.

SAFFIOTI, Heleieth. A mulher na sociedade de classes: mito e realidade. 3ª. edição. São Paulo: Expressão Popular, 2013.

 

Coletânea:

SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome. Título do capítulo. In: SOBRENOME DO/A ORGANIZADOR/A, Prenome (org.). Título da coletânea. Número da edição, quando não for a primeira. Local de publicação: editora, data.

 

Artigo de periódico:

SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome. Título do artigo. Título do periódico, volume, número da edição, páginas, data.

MUSSKOPF, André Sidnei. A relação entre diversidade religiosa e diversidade sexual: um desafio para os Direitos Humanos e o Estado Laico. Estudos de Religião, volume 27, n.1, pp. 157-176, 2013.

 

Trabalhos apresentados em congressos:

SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome. Título do artigo. In: NOME DO CONGRESSO OU SIMPÓSIO, número do congresso, ano de ocorrência., cidade onde se deu. Anais... Local de publicação: editora, data. Páginas.

 

Dissertações e teses:

SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome. Título da dissertação/tese. Número de páginas. Dissertação/Tese (Mestrado/Doutorado) - Nome da Faculdade, Cidade, ano.

 

Texto em jornal de notícia impresso

SOBRENOME, prenome. Título da reportagem. Título do jornal em itálico, Cidade, Estado, dia, mês (três primeiras letras com exceção abril e maio), ano, sessão, página.

 

PIERUCCI, Antonio Flávio. Cadê nossa diversidade religiosa? Folha de São Paulo, São Paulo, SP, 29 dez., 2002, Caderno A, p. A3.

 

Referências da Internet:
Livro ou artigo na internet

Após a citação completa do livro ou do artigo, conforme as normas já indicadas acima, deve-se acrescentar: Disponível em:. Acesso em: dia mês abreviado e ano.

 

FOUCALT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. 20ª. Edição. Petrópolis: Vozes, 1999. Disponível em <http://comunicacaodasartesdocorpo.files.wordpress.com/2013/11/foucault-michel-vigiar-e-punir.pdf>. Acesso em 15 mai 2014.

 

Notícia na internet

Título da notícia. Nome do site em itálico. Disponível em . Acesso em

dia, mês abreviado (três primeiras letras com exceção de maio e abril), ano.

 

Sob comando do PT, comissão interrompe ações de Feliciano. Folha de São Paulo. Disponível em . Acesso em 14 mar. 2014.

 

 

Figuras e tabelas

1. As figuras (quadros, lâminas, plantas, fotografias, gráficos, organogramas, esquemas, desenhos e outros) devem aparecer no local exato do texto e sua identificação deve aparecer na parte inferior, precedida da palavra Figura e seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto em algarismos arábicos, do respectivo título e/ou legenda explicativa e da fonte, se necessário.

 



[*]Embora esta norma não seja contemplada pela ABNT, as publicações feministas mais recentes têm adotado esta forma de citação a fim de visibilizar a produção acadêmica feminista. Como critério de equidade solicita-se a indicação de prenome, seja de mulheres ou de homens, em todas as citações.