A EMERGÊNCIA DO SUL-GLOBAL: das margens do mundo e das sujeitas de dores.

João Luiz Moura de Sá

Resumo


Se a religião pode ser manipulada para dominação sobre outros e outras, as experiências religiosas gestadas no cotidiano podem criar ambientes de diversidade e compaixão. O presente artigo busca conhecer e dar visibilidade a mulheres que estão à margem das institucionalidades (ou não), mas na luta pelo reconhecimento da dignidade humana. Espera-se que as páginas que seguem possam provocar buscas por fissuras que se abrem no bloco das religiões hegemônicas que vincula-se à modernidade/colonialidade na América-Latina.

 

Palavras-chave


Colonialidade; Pós- Colonialidade; Feminismo Descolonial; Religião e direitos humanos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-0985/mandragora.v24n2p97-114

  

 

 

  

 

  

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional