A importância da psicologia perinatal como campo de investigação e atuação profissional

Ana Carolina Carvalho Arruda, Gilson Gomes Coelho

Resumo


O presente artigo tem como objetivo identificar a importância da psicologia perinatal como campo de investigação e atuação profissional. Para tanto, propõe-se a discutir a história da maternidade e sua naturalização, os desconfortos da maternidade e as tensões sofridas pela mulher, finalizando com o reconhecimento da demanda e as contribuições da psicologia neste cenário. A metodologia utilizada para a construção do trabalho é a revisão integrativa da literatura. Os resultados evidenciaram uma escassez de estudos voltados para a práxis da psicologia perinatal, devido ao processo de naturalização e romantização da maternidade presentes até os dias atuais em uma sociedade marcada pelo sexismo.


Palavras-chave


Psicologia Perinatal. Maternidade. Naturalização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v30n1p71-78

Indexadores

         

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional