Estudos para construção e propriedades psicométricas da escala contextual de depressão em idosos

Bruno Luis Schaab, Michael Quadros Duarte, Daniel Viana Abs da Cruz

Resumo


 Esta pesquisa teve como objetivo construir uma escala contextual de depressão em idosos baseando-se na importância das intervenções primárias em saúde. Concebeu-se uma versão do instrumento com vinte e sete fatores de risco para depressão geriátrica, que foram preenchidos pelo público idoso. A amostra foi constituída por 95 idosos, com idade entre 60 e 83 anos, sendo 22 homens e 73 mulheres. O instrumento construído foi aplicado junto à Escala de Depressão Geriátrica de Yesavage e a Overall Life Satisfaction. Após análises estatísticas, quinze itens foram considerados satisfatórios a partir da correlação com o construto de depressão geriátrica e validade discriminante, aferida entre a população com e sem sintomas depressivos. Esses itens passaram pela análise fatorial exploratória, encontrando-se uma solução com quatro fatores e 54% de variância explicada. O instrumento final apresentou Alpha de Cronbach no valor de 0,77. Devido a algumas limitações técnicas, sugere-se a continuação do estudo.


Palavras-chave


depressão, idosos, escala

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v25n1p37-47

Indexadores

         

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional