Absenteísmo de Policiais Militares e Bombeiros Militares de Santa Catarina

Gustavo Klauberg Pereira, Ricelli Endrigo Ruppel da Rocha, Roberto Moraes Cruz

Resumo


Esta pesquisa buscou analisar o perfil dos afastamentos de trabalho de policiais militares e bombeiros militares do estado de Santa Catarina no período de 2014 a 2017. O estudo está pautado no referencial teórico-metodológico da epidemiologia e caracteriza-se como um estudo descritivo, retrospectivo e de série temporal. Os dados foram produzidos a partir de análises estatísticas dos afastamentos do trabalho por motivo de saúde de 4.853 Policiais Militares e de 726 Bombeiros Militares de Santa Catarina. Foi desenvolvido um modelo de regressão logística multivariada e hierárquica e verificadas as Razões de Chance (OR) nas análises multivariáveis com seus respectivos intervalos de confiança (IC95%). No modelo hierárquico foram incluídas as variáveis sexo, atividade, organização militar e carreira como independentes. As causas do absentismo foram elencadas como variáveis dependentes. O nível de significância adotado para todas as análises foi de p<0,05. Os resultados do estudo evidenciam a relação entre o absentismo e fatores sócio ocupacionais da população estudada. Predominou o afastamento de militares do sexo masculino, dos que realizavam atividade operacional, da carreira Praças e com renda abaixo de 7.360,00. Os militares que atuam na região Litorânea do estado tiveram maior número de afastamento para tratamento de saúde se comparado aos que atuam na região Serrana do estado. A população investigada neste estudo possui risco laboral elevado e necessita de especial atenção por parte das instituições devido ao aumento de número de afastamentos do trabalho no decorrer dos anos. 

Palavras-chave


saúde do trabalhador, absenteísmo, epidemiologia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v18n35p129-155

Revista Organizações em Contexto (ROC) - Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação - Universidade Metodista de São Paulo - UMESP.

ISSN Versão Eletrônica 1982-8756

ISSN Versão Impressa 1809-1040 (2005-2008)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.