Hermenêutica de Rilke

Sidney Martins

Resumo


Franz Xaver Kappus foi um aspirante à poeta que pediu conselhos e sugestões ao renomado escritor Rainer Maria Rilke. Estes pedidos se deram por meio de cartas ao qual Kappus não recebe nenhuma sugestão quanto à estilística, métrica ou composição de poemas, mas sim, vários conselhos na perspectiva de construção de uma obra através das experiências mais singelas da vida. Após o falecimento de Rilke a coleção destas epistolas direcionadas a Kappus foi compilada em um livro, com o sugestivo nome de “Cartas a um Jovem Poeta”. Desde então tem servido para muitos leitores como um livro basal ao entendimento pessoal, que versa sobre o pertencimento e de qual é o nosso lugar de atuação no mundo. Essa comunicação tange ao conteúdo dessas cartas, de que cunho são tais conselhos e o fundo filosófico que estes contém; com isso realiza-se uma analise desta emblemática obra do século XX.


Palavras-chave


Rilke. Epistolografia. Hermenêutica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2175-7747/pf.v8n1-2p87-98

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.