Beneficiar aos mortos, cultivar a compaixão e lidar com o luto

Felipe Donadon, Maximiliano Augusto Sawaya

Resumo


Nesse artigo propomos a análise de um dos eventos presentes no Sutra de Kṣitigarbha (Ārya-bodhisattva-kṣitigarbha-pūrva-praṇidhāna-sūtra), que narra sobre uma das vidas do contínuo do desperto (bodhisattva) na qual suas aspirações iniciais de beneficiar todos os seres a superarem os renascimentos miseráveis são fortalecidas. Essa análise ocorrerá sob a perspectiva do desenvolvimento da compaixão (karuṇā) como explicado por Tsongkhapa no Grande Tratado do Caminho Gradual da Iluminação (Lamrim Chenmo). Buscaremos assim entender como esse sutra devocional busca estimular o desenvolvimento dessa virtude através de uma narrativa alegórica sobre ações aflitivas, seus resultados nos renascimentos dos seres e práticas que visam beneficiar aqueles que faleceram. Com isso, refletiremos sobre como esse estímulo ao cultivo da compaixão (karuṇā) pode auxiliar o praticante a lidar com o luto.

Palavras-chave


Sutra de Kṣitigarbha; compaixão; luto.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2175-7747/pf.v10n2p5-17

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.