Uma ilusão de crescimento - o declínio do budismo no Brasil

Nirvana Oliveira Moraes Galvão França, Yu Jun

Resumo


O budismo é a quarta maior religião do mundo, reunindo cerca de meio bilhão de seguidores. No Brasil, por outro lado, esta religião representa uma parcela muito pequena da população, cerca de apenas 0,13%, num total de 245 mil budistas. Contudo existe uma ilusão de que há um crescimento do budismo no Brasil, pois tem ocorrido um despertar pela indústria do bem-estar, em especial em meditações mindfullness, workshops e imersões de meditações, páginas de jornais e revistas tratam sobre este assunto. Mas este despertar pelo orientalismo não se reflete no número de seguidores do budismo no Brasil. Se compararmos o crescimento do budismo ao longo do CENSO com o crescimento da população brasileira no mesmo período, veremos que o budismo não cresceu na mesma proporção, o que representa um decréscimo na proporção da população do número de adeptos. Para compor o presente ensaio foi realizada revisão bibliográfica, análise dos dados históricos do CENSO e análise crítica da situação.


Palavras-chave


Budismo; Meditação; Budismo verde-amarelo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2175-7747/pf.v10n2p19-38

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.