INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS: UMA ANÁLISE SETORIAL DAS EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL.

Leonardo de Lima Neves, Sirlei de Andrade Maciel, Alefi dos Santos Pereira, Alessandro Gustavo Souza Arruda

Resumo


O objetivo do artigo é analisar os índices econômico-financeiros das empresas de construção civil fazendo uma análise setorial, no período de 2014 a 2019. Para tanto, realizou-se o método através de estatística descritiva, e os dados foram coletados na base de dados Economática, seguindo a segregação setorial proposta pela North American Industry Classification System (NAICS). Os dados apontam que a empresa Eztec possui um índice de liquidez geral superior as demais empresas, já as empresas Mendes Jr, PDG Realt, Rossi Resid, Sultepa e Viver obtiveram resultados do índice de liquidez corrente com valores abaixo de 1,0 nos últimos cincos anos. Quanto a rentabilidade, as empresas com bom desempenho foram as empresas Eztec, MRV, Tenda e Trisul. Já aquelas com desempenho ruim foram Mendes Jr, PDG Realt, Rossi Resid, Viver. De maneira geral, as empresas estão com prazos bem dilatados, com destaque positivo para a Mendes Jr, em detrimento das demais. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2177-7284/regs.v12n2p3549-3578

Revista Eletrônica Gestão e Serviços

(ISSN online 2177-7284) é uma publicação da Universidade Metodista de São Paulo.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.