Reflexões sobre o projeto de extensão universitária: Redes de Gestão e Serviços para uma Economia Solidária – a presença da universidade em processos de fortalecimento de negócios inclusivos

Silvia Gattai, Marco Aurélio Bernardes

Resumo


O artigo analisa o papel e responsabilidades da universidade no desenvolvimento e  organização de negócios inclusivos em setores de baixa renda, pelo apoio à criação, fortalecimento e consolidação de iniciativas empreendedoras em  contexto solidário.

Algumas perguntas orientam a pesquisa, são elas: Quais as características dos empreendimentos solidários? O que os diferencia dos empreendimentos comuns? Quais as ações da universidade que caracterizam sua contribuição para a criação e fortalecimento desse fenômeno? Nesse sentido, o trabalho tem como objetivos: 1.  A compreensão das características dos processos de economia solidária e negócios inclusivos. 2. A compreensão do papel da universidade nesses processos e 3. A apresentação de um método que contribua para a ação da universidade em movimentos dessa natureza. O objeto de estudo é um projeto de extensão universitária desenvolvido pela Faculdade de Gestão e Serviços da Universidade Metodista de São Paulo, intitulado Redes de Gestão e Serviços para uma Comunidade Solidária.


Palavras-chave


Economia solidária; Negócio Inclusivo; Papel da Universidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2177-7284/regs.v2n1p247-275

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Revista Eletrônica Gestão e Serviços

(ISSN online 2177-7284) é uma publicação da Universidade Metodista de São Paulo.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.