As Dificuldades de Gestão das Organizações Não-Governamentais

Nara Katsurayama Cazzolato

Resumo


O principal objetivo deste artigo é apresentar uma análise da gestão das organizações não-governamentais (ONG) brasileiras, a partir de um breve histórico e da conceituação destas organizações. Assim, foram apresentados os principais aspectos que devem compor sua estrutura administrativa para melhoria dos processos de gestão, considerando-se as dificuldades que o setor enfrenta em meio a um mercado competitivo e globalizado. Para tanto, a metodologia utilizada foi uma pesquisa bibliográfica com autores da área e análise de dados secundários. Esta pesquisa conclui que o preparo adequado do gestor líder da ONG, a formação de sua missão e objetivos, sua comunicação institucional e a captação de recursos são processos relevantes para que sua gestão seja eficiente e eficaz.


Palavras-chave


organização – ONG – gestão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v1n1p66-81

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


 

Revista da Faculdade de Administração e Economia

ISSN: 2176-9583
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.