Relação Entre os Preços do Grão de Soja nos Mercados à Vista e Futuro: Uma Análise a Partir da Razão Ótima de Hedge

Wesley Vieira Silva, Jeferson João Pedro, Daniela Torres da Rocha, Jansen Maia Del Corso

Resumo


Esta pesquisa tem por objetivo avaliar o relacionamento existente entre os preços cotados da soja nos mercados à vista e futuro. Para o alcance desse objetivo, buscou-se avaliar o efeito do horizonte de hedge sobre a razão ótima de hedge; encontrar a proporção ótima da produção física que deve ser negociada com contratos futuros para que obtenha menor variância entre a cotação futura e o preço spot. O estudo classifica-se como um levantamento longitudinal. Os dados diários relacionados ao período de janeiro de 2005 e dezembro de 2006 foram coletados para duas variáveis, sendo elas: o indicador de preço de soja Esalq/BM&F, que foi utilizado como proxy do preço à vista, e a cotação de ajuste diário da BM&F para os contratos futuros. A métrica de análise utilizada refere-se aos testes de hipóteses Dickey-Fuller e Dickey-Fuller Ampliado. Os resultados auferidos supõem que devam ser negociados 64,74% da produção em contratos futuros. Com essa política de vendas reduz-se o risco em 46,32%.


Palavras-chave


Soja; Mercado Futuro; Hedge

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v1n2p113-137


 

Revista da Faculdade de Administração e Economia

ISSN: 2176-9583
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.