A influência das redes sociais no processo de internacionalização de empresas: um estudo baseado no modelo de networks

Farley Adriano Miranda, Diogo Batista de Freitas Cruz, Flávia Braga Chinelato

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar mercadologicamente o processo de internacionalização de uma empresa, considerando as inúmeras variáveis implícitas no mercado global. Será analisado o fenômeno da globalização para mostrar a importância dos meios de comunicação e inovação para as negociações internacionais. Para tal, será analisado o mercado mundial, sua evolução, as diversas vertentes de um mercado amplo e complexo. Trata-se de pesquisa qualitativa de natureza exploratória. Será contextualizado uma vertente teórica de networks, acoplado à análise de suas implicações para uma empresa que opta por internacionaliza-se. Serão levadas em conta as formas de negociação, usando a tecnologia e a inovação, em um mundo amplamente conectado que forma a chamada “aldeia global”. Será analisado às novas tecnologias, como elas se desenvolveram até chegar ao modelo de web 2.0 que conhecemos hoje. Por fim, apresentará o contexto das redes sociais, desde o seu surgimento, passando pelo seu papel em nossa sociedade contemporânea, sua relação com o conceito espacial e sua aplicabilidade ao mundo dos negócios, podendo ser relatadas ao mundo corporativo principalmente quando a empresa deseja alcançar novos mercados e participar do contexto global de negociações. Como resultados, serão apresentadas informações que demonstrem a importância das redes sociais neste contexto global.


Palavras-chave


Redes Sociais; Globalização; Internacionalização de empresas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v6n2p67-84

 

Revista da Faculdade de Administração e Economia

ISSN: 2176-9583
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.