Preferências do consumidor na obtenção de crédito: análise nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Ivanete Schneider Hahn, Reisoli Bender Filho, Guilherme Lauschner

Resumo


Considerando a expansão do mercado brasileiro de consumo e de crédito, este estudo se propôs a identificar as preferências dos consumidores entre distintas alternativas de financiamento e verificar sua sensibilidade às taxas de juros, entre os meses de outubro e dezembro de 2014. Utilizou-se uma pesquisa quantitativa e descritiva, operacionalizada por meio de um survey com consumidores dos Estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, obtendo-se 280 questionários. Os resultados mostram que: (1) a escolha por diferentes combinações nos termos de crédito tende a variar em função do valor do bem a ser financiado; (2) as pessoas possuem consciência dos juros embutidos nas opções parceladas; e, (3) houve efeito framing no processo de tomada de decisão, sendo que houve preferência por parcelar a compra de determinados produtos, mesmo que em outro momento a amostra confirmou a importância que dava para fatores como taxas de juros e valor final pago (valor do bem e taxa de juros). 

Palavras-chave


Crédito, Efeito framing, Teoria dos Prospectos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v8n1p53-72

 

Revista da Faculdade de Administração e Economia

ISSN: 2176-9583
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.