Responsabilidade Social da Educação Superior: Implicações para Estudantes e Comunidade Externa

Nágila Giovanna Silva Vilela

Resumo


Os estudos teóricos sobre responsabilidades social começaram a surgir na década de 1950 e ganharam destaque a partir da década de 1970. A definição desse termo é ampla e não há consenso sobre o que definitivamente é a responsabilidade social. No Brasil, a norma ABNT NBR ISO 26000 contém as diretrizes sobre responsabilidade social, conceituando-a como a responsabilidade de uma organização pelas consequências de sua atuação na sociedade e no meio ambiente, por meio de um comportamento íntegro. Quando se trata de instituições de ensino superior, a responsabilidade social possui suas especificidades, pois, nesses casos ela deve estar associada ao tripé ensino, pesquisa e extensão. Nesse sentido, o objetivo do presente artigo é analisar quais ações de responsabilidade social da Universidade Federal do Paraná (UFPR) possuem implicações para os estudantes e a comunidade externa. A fim de atingir esse objetivo, foi feita uma pesquisa no sítio eletrônico da universidade, e, em seguida, realizou-se análise de conteúdo das informações encontradas.  Foram identificadas diversas ações de responsabilidade social da UFPR, comprovando que a universidade se preocupa com o bem-estar dos estudantes e da comunidade em seu entorno.  Ao final, são ressaltadas algumas limitações do estudo e sugeridas possibilidades de investigação futura.


Palavras-chave


Responsabilidade Social. Educação Superior. Universidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v10n1p1-13

 

Revista da Faculdade de Administração e Economia

ISSN: 2176-9583
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.